33

O grego e os albaneses.

Posted by Luana on 20:01
Estamos selecionando alunos de doutorado aqui na usina, no nosso grupo são 3 vagas. A primeira fase da seleção eh feita no "papel", os candidatos mandam seus CVs, cartas de recomendação… Os que são selecionados na primeira fase tem que apresentar uma "defesa" oral, em frente de um juri composto de pesquisadores e professores de algumas universidades belgas. O processo todo eh bem desgastante e longo. Ao final, de 150 candidatos uns 12 são selecionados.
 
Por que eu estou contando isso mesmo? Ah eh, lembrei… Ja tinha entrado num loop infinito de divagações. 
Um dos nossos projetos teve um aluno grego aceito, aceito na primeira fase, ele ainda teria que encarar os tiozoes mal humorados da "defesa oral". Dai poucos dias antes da tal defesa o sujeito mandou e-mail pro meu chefe-elfo dizendo que não ia mais tentar a vaga. Ele tinha feito mestrado em Leuven (que fica aqui perto) e se sentiu muito mal recebido. Ele chamou, no e-mail, os belgas de racistas e disse que não iria viver num pais em que gregos são tratados da mesma maneira que os albaneses são tratados na Grécia.

Abre parenteses
A Grécia sofre uma de suas piores crises econômicas, o pais empobrecido ainda tem que lidar com a quantidade de imigrantes ilegais e raiva da população. Estima-se que, a cada ano, 130 mil estrangeiros entram ilegalmente no país e que 80% dos que chegam a União Europeia entrem pela Grécia. A Grécia alias, eh o pais mais racista da UE (aqui) tendo ate um partido de extrema-direita muito popular, a Aurora Dourada, que faz uma campanha ferrenha contra imigrantes. 
 
Começa assim: crise financeira, desemprego, miséria. Aparecem os "culpados" que podem ser judeus, ciganos, negros e, hoje em dia, muçulmanos e pessoas do leste europeu e balkans (Albânia, Romênia, Polônia). Depois é só se livrar desses « estorvos»  e pronto, a nação se "acalma". 
Fecha parenteses.
Eu não conheci o sujeito que chamou os belgas de racistas, não sei o que ele passou aqui. Mas achei especialmente curioso ele ter dito que não admitia ser tratado da mesma forma que tratam os albaneses no pais dele. Alguém ai mais viu o quão preconceituoso esse comentário soou? Ele se sentiu ofendido por receber um tratamento que o pais dele da aos "inferiores" albaneses.
Quanto aos belgas serem racistas. Bom, os elfos daqui tem um passado muito vergonhoso. O Congo, enquanto colonia belga, foi palco das maiores atrocidades conhecidas. O rei Leopoldo II matava famílias inteiras caso os homens não extraíssem borracha suficiente das arvores. Hitler matou muita gente ? O rei belga matou mais (10 milhões), mas ninguém fala nisso, ninguém se lembra disso (quer saber mais? tem estomago? Veja esse documentário aqui). Não que eu esteja protegendo Hitler,  so acho que massacres, genocídios, não podem ser esquecidos, nem contra os judeus, nem contra negros africanos, nem contra ninguém!   
O povo belga eh racista? Certamente existem pessoas racistas aqui… Eu não sei dizer se mais ou menos do que no Brasil. Alias, os mecanismos do racismo são muitas vezes bastante maquiados, não eh mesmo? Como saber se você não conseguiu aquele emprego se eh porque você eh negro? Na usina existem pouquíssimos negros, alguns alunos de mestrado, UM de doutorado e UM cara que tem um emprego fixo, como pesquisador (ele veio do Congo, alias). Eh culpa do racismo? Não sei dizer ao certo, mas eh bem possível. Eu mesma não entro na estatísticas de "negros"  que trabalham na usina, porque, como disse o meu chefe uma vez: "voce não eh negra, você eh americana", fazendo uma distinção muito grande sobre ser negro da Africa e afrodescendente da América. Ele me soltou isso depois de falar que certa vez ele teve um aluno da Nigéria (de mestrado, que pagou todo seu treinamento do próprio bolso) que foi muito bem aceito pelas pessoas do grupo, embora fosse negro. Foi quando ele disse o "embora fosse negro" que eu perguntei se era o mesmo caso comigo, ja que me sinto muito bem recebida aqui. Nao, nao era, pro povo daqui eu nao sou negra.
Alias, eu sou "negra", "branca", "mulata", "moreninha"… Depende do contexto da conversa, ou o quanto alguém quer me incluir numa determinada causa.
Fazendo o gancho sobre minha cor, me lembro que dia desses coloquei no facebook um pedido, disse que palavras de ódio contra os evangélicos, por conta das idiotices de alguns pastores (naquele caso em especifico, o Feliciano) era inadmissível. Intolerância e ódio não se justificam em caso NENHUM! Nem em nome de um Deus, nem contra esse Deus, nem em nome de causa alguma. Dai alguém me disse que eu devia me revoltar contra o Feliciano porque ele tinha dito que EU era amaldiçoada. 
Fui atrás da tal frase e ele dizia que os "Africanos são amaldiçoados". Ele quis dizer negros? Nao sei, eh possível que sim, mas na frase (idiota e infeliz) do pastor ele falou "Africanos", não negros… E por « africanos» eu entendo quem nasceu no continente, que eh enorme e tem gente pra caramba, e pasmem, não somente negros. Eu nao sou africana, eu nasci no Brasil, fica em outro continente.
Eu não tenho que me revoltar com esse comentário do pastor Feliciano por ser negra (mulata, afrodescendente, chame-me como preferir), eu me revolto pela quantidade de preconceito associado ao comentário. Teria me revoltado se ele tivesse dito que "asiaticos são amaldiçoados".
Agora, quanto aos pastores que tem feito tanto barulho por ai. O pastor Feliciano eh um desses típicos pastores preocupados em transmitir a teoria da prosperidade, usando a ganancia de suas "ovelhas" para ser prospero. A logica eh bem simples, de seu dinheiro para Deus (representado pelo pastor, igreja) e Ele te devolvera muitas vezes mais. Isso eh lidar com a ganancia de cada um, não eh ? Como o Feliciano existem muitos outros. E são esses outros, que compram mansões, carros de luxo e ate entram na politica, que vivem bombando nos noticiários, enquanto suas ovelhas mantêm-se  "pobres" (engana-se quem acha que essas pessoas sao miseraveis). 
As pessoas se revoltam com isso? Com toda razão! Eu mesma entro nessa estatística de quem acha um absurdo quem usa a feh dos outros para proveito próprio. E isso so piora quando esses caras entram na politica e resolvem usar seu poder em esferas muito maiores do que as igrejas. 
Mas tem um detalhe muito importante nisso tudo. As generalizações. Na esmagadora maioria das vezes que li textos, postagens no facebook ou Twitter fazendo alguma critica a esses pastores famoso  nao vi as pessoas se preocupando em separar o trigo do joio. Eh tudo pastor (e quando se fala pastor, automaticamente se pensa em pastores evangélicos, não queiram me convencer que não) e dai na critica, que provavelmente nao teve intenção de ser generalizadora, põe todo mundo no mesmo saco. Todas as centenas de tipos de igrejas evangélicas e seus pastores.
Existem evangélicos racistas, homofóbicos, intolerantes e que acham que todo mundo vai pro "inferno"? Sim, infelizmente existem sim, mas eu sempre digo que nao eh a igreja que faz o intolerante, eh o intolerante que procura o grupo que vai justificar seu comportamento. Existem pessoas racistas, machistas, homofóbicas em todos os grupos da sociedade, não eh uma qualidade exclusiva de quem segue uma igreja. 
Por que eu sei isso? Porque eu sou parte de uma igreja, eu sou crista… E eu me sinto muito chateada de ver todos os esteriótipos e preconceitos contra cristãos sendo divulgados por ai. Tem muita gente boa, muita igreja honesta, muito pastor que, com amor, prega a salvação em Cristo, baseada no AMOR, no PERDÃO, na COMPAIXÃO. 
E antes que alguém venha me dizer que vê mais gente intolerante entre os religiosos do que fora e que gente com alto nível educacional não tem esse tipo de falha eu cito alguns exemplos dentre cientistas renomados.
James Watson (aqui), o ganhador do premio Nobel pela descoberta da estrutura do DNA, disse recentemente que negros são menos inteligentes do que brancos e também que genética deveria ser usada para fazer com que somente mulheres bonitas nasçam, ou que pais possam escolher não ter filhos gays. Imaginem isso sendo dita por um pastor… Agora imaginem sendo dita por um premo Nobel. 
Arthur Jensen, professor da universidade de Berkley, dedicou sua vida para provar que QI esta relacionado a cor de pele, e voila, claro que pra ele os negros são mais burros. 
Mais um exemplo foi Helmuth Nyborg, o pesquisador Dinamarquês que defende que inteligencia esta relacionada a gênero, sendo (adivinhem) as mulheres mais burras do que os homens. Nesse caso ele foi demitido da universidade de Aarhus. Mas os estragos feitos pelas pesquisas desses senhor são difíceis de apagar. 
Esse texto (enorme, obrigada pra quem chegou ate aqui) não eh uma tese em defesa aos evangélicos, ou aos negros, ou as mulheres. Esse texto tenta fazer uma reflexão de alguns pontos interessantes. Eu não sou porta voz de causa alguma e sou paga para pesquisar radiação ionizante, não para mudar a opinião de ninguém. Mas num mundo com tantos preconceitos, que tal tentarmos nos livrar dos nossos?  

COMENTE!

Links para esta postagem |
17

Tailândia - Ilha de Koh Phi Phi [1]

Posted by Luana on 15:12 in
Is this the real life? Is this just fantasy?

Mama?
Yeah, Mamma
Mamma, Mamma, Mamma!
Hahah
Mamma, Mamma, Mamma,
Mamma, Mamma, Mamma,
Mamma, Yeah!
Mamma, Yohoo
Mamma, Yuhoo,
Mamma, Mamma,
Mamma, Mamma,
Dadda? Dadda!
A Luana vai contar sobra a Tailândia? Eh isso? 

SIMMMM!!!!  Eike emoção! 

Então... Deixa eu ver onde eu parei... Ah eh! Bom, dia seguinte a minha experiencia com os camarões e os lábios inchados (não leu? Ta aqui) pegamos nossas malas e ficamos esperando a van que tinha ficado de nos pegar para levar ate o barco que nos levaria ate a ilha de Koh Phi Phi. 

Ficamos la esperando, esperando... Enquanto isso ficava passando uma van pra cima e pra baixo e nada do cara parar... Dali, la pelas tantas - e depois de ligar pra empresa da van e falar pra eles que o cara tava ali dando voltas - o tiozinho parou a van e la dentro tinha um bando de turistas mal humorados, com medo de perder o barco... Désolé, galere, o tiozinho que eh um mane... Felizmente a empresa da van eh a mesma do barco e os caras atrasaram em meia hora a saída da embarcação - pra "alegria" de outros tantos turistas que estavam la na hora certa e tiveram que esperar. 

 
Saia as 08:30, e já eram mais de 09:30...

Chegamos ao local de saída e tava tudo suuuuper organizado... Entramos e nossas malas foram devidamente colocadas num lugar adequado. 
 
Olha a minha mala ai, gentchy!
Mais de uma hora dentro do barco depois - e debaixo do solzão, porque não pagamos ticket para a área VIP, então tinha que ir em pé, do lado de fora da cabine - chegamos a ilha de Koh Phi Phi. Essa ilha fica ao sul da Tailândia, era inicialmente um lugar bem pobre, com pescadores muculmanos. Ainda existe uma população local majoritariamente muçulmana, mas no lugar de pescar eles trabalham nos mega hotéis e restaurantes, ou levam turistas pra cima e pra baixo nos barcos para conhecer as praias locais.

Esse lugar eh muito diferente das cidades praianas no continente - como os de Pukhet. La haviam muito mais jovens do que famílias e tiozoes a procura de jovens garotas tailandesas. Se não fossem pelas mesquitas e falta de carne de porco nos restaurantes, eu ate diria que estava no Hawaii (nunca estive no Hawaii, baseio-me nos filmes americanos, que fique claro). A população local eh pobre, não eh paupérrima, mas eh pobre. Os grandes hotéis, restaurantes, resorts e empresas de mergulho/snorkeling são de estrangeiros, europeus em maioria, que estão la tirando o máximo que eles podem. Coisa mais do que comum, não eh? Países de terceiro mundo sendo extremamente explorados por estrangeiros, que depois reclamam quando o garoto que carrega as malas dentro do hotel pede gorjeta...

To reclamando, ne? Ja explico...

Como nos chegamos la já meio tarde foi tempo de fazer check in no nosso "bangalow" (pagamos 120 euros, para duas pessoas em 3 noites). Esse lugar ficava meio longe das praias, uns 10 minutos andando (dentro da ilha não existem carros, alias, nas ruas só se anda a pé, de bicicleta ou com pequenas motos) e por isso o valor do nosso quarto era barato. Pra ficar nos hotéis em frente a praia você pagaria pelo menos 400 euros a diária.

Depois de fazer o check in fomos procurar por uma empresa de mergulho que eu já havia visto no Tripadvisor. Eh uma empresa de um Finlandês que faz passeios e da cursos de mergulho. Eu escolhi esse lugar em especial porque o numero de pessoas por barco era limitado. O preço, para os padrões locais, era acima dos outros lugares, mas eles davam atenção especial e passeios diferenciados. 

Loja do Adventure Club em Koh Phi Phi.
Eu queria escolher um dos pacotes para mergulhar com os tubarões. Maridon tinha dito que toparia qualquer coisa que eu escolhesse, então ele não disse nada... hahaha... Mas enquanto conversávamos com a moca da loja apareceu uma opção que me pareceu melhor. Por 800 Baht por pessoa (20 euros) faríamos um passeio de 4 horas, num barco com no máximo 6 pessoas (sem contar nosso instrutor) para ver os recifes, tartarugas, peixinhos coloridos, o Nemo (haha.. serio...) e TUBARÕES!!! EHHHHHHH. Nesse preço também estava incluído todo o equipamento (fizemos snorkeling), água e frutas dentro do barco. Legal, ne? Negocio fechado!

Bom, vou quebrar um pouco a linha do tempo e contar o pos passeio... No próximo post eu posto as fotos que consegui tirar e conto com mais detalhes como foi nosso mergulho... Adianto que amei! Adorei ter ido com apenas 5 pessoas no barco (contando comigo), gostei de nossa guia (uma francesa que fazia sinal de "hang loose" pra tudo.. haha), vi muitos e muitos peixinho coloridos, tubarões, tartarugas, moreias... Foi ANIMAL! E eu recomendo muito a empresa... Muito melhor do que pegar os outros passeios, em que você vai em barcos com 30 pessoas e afugenta todos os peixes (e paga 10 vezes menos por isso, também)...

Minha câmera não era a prova d'água (e como não era!) então as fotos debaixo d'água foram todas tiradas pela francesa do "hang loose". O preço das fotos não estava incluído no pacote, ok, normal, entendo... Nem todo mundo quer fotos, ou muitas pessoas levam suas câmeras a prova d'água....

Ao terminar o passeio voltamos a loja e vimos foto por foto... Tudo muito bom, tudo muito bem... Quando perguntamos quanto sairia o preço de comprar um CD com as fotos: 1000 Baht!! 27 Euros por um CD com fotos tiradas com uma maquina digital... Sendo que o preço do passeio todo tinha saído por 20 Euros... Qualé!

Não compramos! Não compramos.... Tenho um problema seríssimo... Quando acho que estao ganhando em cima de mim eu não pago, mesmo que isso me cause problemas, mesmo que hoje eu não tenha as fotos minhas debaixo d'água, perto de uma tartaruga...

Era desse jeito, alias, essa foto eu peguei de um site de mergulho da ilha que estávamos (daqui)
Quando voltamos para Narnia Molhada do Sul eu entrei em contato com eles pelo facebook para reclamar dos preços abusivos das fotos... O responsavel me deu a seguinte resposta.


Eu gostei deles terem respondido, muitas vezes esses lugares nem dão a mínima pra sua reclamação, porque afinal você ja pagou pelo passeio mesmo... Mas eu devo reclamar...

1 - Como eu falei, os donos do lugar são Europeus... Eles acham que o valor do passeio eh baixo, ok entendo... Na Finlândia - se la tivesse sol e calor, Ra! - seria muito mais caro do que eles cobram la... Contudo, meu amigo, você esta na Tailândia... 

2 - Como assim dividido por 3 pessoas? Eles estavam vendendo os CDs por pessoa. No meu caso seriamos eu e maridon... Mesmo assim... Não eh para calcular o preço por pessoa - nem que fosse uma família com 10!

3 - Sua câmera eh muito cara e você quer compensar o preço cobrando caro pelas fotos? Quanto você cobra pelos trajes de banho? Equipamento de snorkeling? Para manter o barco? Para pagar seu pessoal (composto de outros estrangeiros, que ganham bem, assumo eu)? Vai querer me convencer que cobrando 800 Baht pelo passeio cobra tudo que você precisa com pessoal+barco+equipamento e que os 1000 Baht são apenas para a sua câmera cara? Ah vah! 

4 - Lanche do Mcdonalds... Quer me deixar puta eh quando a pessoa compara o preço de algo que eu acho caro com o preço de um Big Mac... Qual a relação, meodeos? Se eu quisesse comer um Big Mac eu pagava por um... Mas como ele falou do McDonalds... Bom, o preco de um menu do McDonalds na Tailândia custa 120 Bhat - tireo o valor daqui - lembra que você esta prestando um serviço na Tailândia? Então... Nada comparável com os 1000 Baht...

Vai pra Tailândia? Quer uma sugestão de passeio? Va com eles, mas leve uma câmera adequada para tirar fotos em baixo d'água, ou então pague mais do que o próprio passeio por elas.

Eu volto com mais detalhes... prometo que volto!

Cena (roubadas de um site, mas juro que foi igual) do proximo capitulo..

Yeah!!!!
 

Links para esta postagem |
19

Quem acredita sempre alcança.

Posted by Luana on 14:07 in
Estou fora essa semana... Esse post foi programado... Na verdade foi assim, eu estou agora mesmo trabalhando e tenho uma tarefa longa a fazer, mas como tenho que sair mais cedo e não terei tempo de terminar a tarefa longa eu resolvi deixar tudo pra la (oi chefe, você me lê? Beijo) e escrever...

Me deu vontade de escrever por causa de nada... Ou melhor... Por um motivo banal que me levou a outros motivos bem banais e ca estou eu...

Hoje de manha uma amiga fez aniversario, teve bolo e os colegas de trabalhos se reuniram para comer e conversar... Coisa casual, coisa corriqueira... La pelas tentas, nem me lembro porque, falou-se sobre a Amazônia ser o pulmão do mundo e eu, que sou uma chata sem limites resolvi falar que não, que a quantidade de oxigênio produzida por dia (fotossíntese) eh consumida a noite, pelas plantas... E que na verdade grande parte do oxigênio que respiramos vem de plânctons no mar...  

ZZZZZZZZ.... RONC!

Eu sei, eu sei... Ninguem quer saber de plâncton enquanto come bolo e fala sobre coisas leves... Mas eu sou insuportável demais... 

Dai eu contei sobre isso no meu facebook e dai disse que não eh porque "todo mundo" fala que a Amazônia eh o pulmão do mundo que eh verdade... Que também tem gente que fala que "quem acredita sempre alcança" e isso eh falacioso (alguém já leu minhas lista de argumentos ruins? Ta aqui). 

Dai um amigo disse: "claro que quem acredita sempre alcança, Luana! é física quântica isso!"

HAHAHAHAHAHA

Ele estava brincando, claramente... Mas dai eu me lembrei daquele maldito filme "Quem somos nos"  (nao vou colocar link nenhum praquela porcaria, me recuso) em que tinha uma mulher que dizia incorporar o espirito "Ramtha". Ramtha seria um guerreiro de "Lamuria", que viveu 35 mil anos atrás e que venceu uma batalha contra Atlântida (oi?). 

Não existe nenhuma evidencia cientifica de que nem Lamuria, nem Atlântida tenham existido... Eu sei que existem muitas pessoas que acreditam nisso e, sinceramente, eu respeito a crença de cada um... Mas o caso do tal espirito Ramtha vai, ao meu ver, um pouco além de apenas crer em algo. 

Porque a mulher que "incorpora" (e aqui acho que ja fica meio claro que eu nao acredito em nada disso) o espirito Lemuriano faz muito, mas muito dinheiro vendendo teorias mirabolantes, que misturam nova era com "ciencia".

Ai que a coisa pega no meu calo... Porque, sabe... Voce quer acredita em duendes? Quer crer em ET's? Acha que as piramides foram feitas por seres evoluídos que moram dentro da Terra? Ta tudo bem por mim... Eu mesma creio e sigo uma feh que eh para muitos coisa de gente louca, coisa de gente ignorante, atrasados... bla, bla, bla whiskas Sache... 

So que eu nunca, NUNCA, usei e nem vou usar a ciência para justificar as coisas nas quais eu acredito...  A não ser que existam evidencias cientificas para isso... Ai deixa de ser apenas feh, certo?

Dai que a mulher que "recebe" o Lemuriano vende livros, da palestras e tem ate um centro de estudos (um tipo de universidade)... Em que ela usa não apenas os dogmas criados em sua ceita, mas "comprovações" cientificas... Quem já viu o filme tosco, feito por ela, sabe do que eu estou falando (se não sabe, pode me perguntar, mas se prepare pra ouvir a chata aqui explicando, over and over)...

Luana tendo mini-ataques cardíacos com as "comprovações" cientificas...

Karl Sagan mesmo, no seu livro "The Demon-Haunted World: Science as a Candle in the Dark" propos uma serie de perguntas que Ramtha, o espirito, deveria responder para provar que eh realmente quem ele diz ser... Coisa bem simples, como "quais roupas se usavam em Lemuria", "que lingua era falada", "era uma lingua escrita? Como se escreve?", "Como a sociedade era organizada?". Claro que "Ramtha" nunca respondeu nenhuma dessas perguntas... E eh isso pra mim eh demonstração de que não ha mesmo o que ser respondido. Quem não deve não teme, ou melhor... Quem não deve responde as perguntas. 

Feyman, seu lindo!

E eh isso... Deixa eu voltar ao trabalho... Volto quando eu voltar... 

ps. eu ia deixar o post programado, mas desisti... Sou dessas...

Links para esta postagem |
27

Tesla - 1 ano

Posted by Luana on 18:38 in , ,
Dia 07/05 eh aniversario da minha filha mais nova, a Tesla. 

Um ano! Um ano! 

Ela chegou em casa assim, em Julho do ano passado.



E hoje esta assim


No solzinho raro de Narnia Molhada do Sul

Dormindo perto de Maridon
Com o irmão, Curie, na sacada.
Não eh muito amor?

ps. Dia 07/05 eh também aniversario da minha irma mais nova, a "Julius". Eu acho que ela não vai ficar feliz se eu fizer um post com fotos "antes" e "depois"... hehe... Coisa de adolescente de 16 anos. Amo-te, "Julius"!

ps2. Não ta dando pra atualizar o blog quanto queria, nem visitar os que eu leio, nem respirar, nem comer (mentira, tenho comido mais do que devia)...

Links para esta postagem |
Web Analytics

Copyright © 2009 Hunfs All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.