15

Mana mana, tchu tchu ru ru ru...

Posted by Luana on 16:53 in
Fiquei duas semaninhas me divertindo no Japão. Fui a trabalho, eh verdade, mas mesmo assim foi muito divertido. 

Ahhhh o Japao! Terra dos animes, dos cavaleiros do zodíaco, do Jaspion (sou velha), do sushi e da kyary pamyu pamy.


♪ PON PON waywayway PON PON way PON way ​­PON PON wayway PON PON PON wayway PON way PON ​­wayway ♪ 

Vamos começar do começo? Murphy me ama e isso, meus amigos, não eh exagero.

Tudo começou a um tempo atrás na ilha do sooool quando eu sai da Bélgica. Acordei super cedo, peguei um trem de sMol ate Antuérpia (40 minutos) e de la outro trem (o Thalys, que era pra ser um trem rápido) que me levaria em uma hora diretamente ate o aeroporto de Amsterdã.

Levaria: futuro do pretérito do verbo "se ferrou, Luana". 

O trem faria esse trajeto aqui:

Mas achou mais legal fazer assim:


Nunca na historia "desse.payz" eu vi algo semelhante. Mas foi isso.. O trem pulou a estacão do aeroporto e foi pra Amsterdã. A viagem que ia durar uma hora durou uma hora e quarenta minutos. 


Chegando em Amsterdã ainda tive que pegar outro trem ate o aeroporto (meu voo para o Japão sairia em duas horas e eu não tinha feito check-in ainda). Anunciaram qual plataforma deveríamos pegar e la foi a manada correndo, do Thalys, para a plataforma do trem pro aeroporto. Pra chegar nessa plataforma tinha uma escada rolante, uma subindo e outra descendo. Peguei a que subia - deeer - como todo mundo e vi uma das cenas mais bizarras, quando um tiozinho pegou a escada rolante que descia e começou a correr desesperadamente para chegar ao final. Ele deve ter pensando "tem muita gente na escada rolante que sobe, vou pegar um atalho nessa que não tem ninguém". 

Foi mais ou menos assim:


Com a diferença de que ele NÃO teve folego pra terminar a subida. Eike esperto! 

Bom, cheguei esbaforida ao aeroporto, fiz check in correndo, despachei minha mala e entrei no avião em cima da hora. 

Doze desagradáveis horas depois cheguei em Narita - o aeroporto de Tokyo. Morrendo de sono, com fome, com as costas doendo, de mau humor, querendo matar quem foi o engenheiro anão (ou sádico) que achou que aquelas poltronas do voo da KLM servem pra uma pessoa com 1,80m sentar - classe economia, sou pobre.  

Meu colaborador japonês estava la no aeroporto me esperando. Ele achou que eu ia me perder se fosse sozinha ate Chiba - onde eu fiquei trabalhando. Vou chamar esse colaborador japones de Hiro Nakamura, porque ele eh a CARA do personagens da serie "Heroes".

Hiro Nakamura
Alias, me desculpem, mas quase todo homem entre 20 e 40 anos parecia com o Hiro Nakamura ou o Jaspion (alo-k!)

Bom... O Hiro me levou ate Chiba, para o NIRS (National Institute of Radiological Sciences) onde eu passei horas fazendo muitas medidas. Nesse lugar existe o maior centro de terapia de hádrons do mundo. Que alias, eh tema da minha pesquisa. Se voces quiserem um post nerd falando mais sobre isso (sim? sim? por favor, sim?) me avisem que eu faco. 

La fiz meu crachá, me localizei e to achando que ia deitar e dormir... HAHAHAHAHAHA... Bem vindo ao Japão! Eram 14:00 (hora local) e Hiro me levou para a minha mesa de trabalho - com minha mala e tudo mais - e disse: "você vai trabalhar aqui, pode começar". 

E eu, que sou muito tonta pra dizer: "moco, eu estou com sono, me deixa ir pro meu quarto?" sentei e trabalhei. Logo antes das 18:00 o Hiro me disse que ia me levar para um jantar de boas vindas, especial - e eu apenas pensava na minha cama - então eu disse que queria levar minha mala pro meu quarto e ao menos tomar um banho. O hotel na verdade era um kitnet dentro do NIRS, bem perto dos laboratórios. Tomei um banho rápido e sai. 

Fomos, com mais outros dois colegas do lab, jantar num "drinking restaurant" (restaurante de goroh). Junto ao Hiro foi mais um colaborador, que eu vou chamar de Ando Masahashi (o amigo do Hiro na serie de TV "Heroes") e um chefe deles, que eu vou chamar de Jaspion (falei que todo mundo parecia com o Jaspion).

To me too, Ando, to me too...
O restaurante era muito bacana. Sentamos e logo vieram nos servir uns peixinhos crus com algum molho de pimenta maravilhoso. Alguém sabe o nome disso?


Alias, "maravilhoso" define a comida no Japão. Tenho vergonha dos sushis que ja comi pelo mundo, dos noodles e sashimis, comparado com as coisas que provei por la. Depois dessa entrada (to salivando so de lembrar!), veio uma quantidade maravilhosa de peixe cru, temakes e polvo frito.



Eike alegria! Tudo isso com cerveja e sake. Hiro, Ando e Jaspion madaram ver nas "birou" (beer, cerveja) enquanto eu me acabava no peixe cru. Esse povo enxugava bem um goro, viu. Eu tomei uma cerveja e provei um pouco de sake, enquanto os outros tomaram varias cervejas, sakes e ainda perguntaram se eu queria Wiskey. 

Geladeira com sakes.
Também comi muitos frutos do mar, como ouriço do mar e uma especia de ostra (putz, marisco? não sei) assado.


A noite toda foi muito divertida. Conversamos sobre muitas coisas - especialmente sobre Fukushima, ciência e outras coisas que cientistas gostam de falar. A comida foi tao maravilhosa, mas tao que eu tive sonhos com ela por duas noites seguidas. 

Eram umas 22:00 quando finalmente voltei pro meu quarto. Estava crente que ia dormir pesadamente ate o dia seguinte, mas nao, meu corpo achou que estava na Bélgica ainda e eu fiquei rolando na cama ate as 05:30 da manha, quando desisti e fui pro laboratório trabalhar.

Ta bom por hoje... Nao vou escrever muitos posts sobre o Japao porque nao fui pra la a turismo, mas calma ae que ainda tem muita coisa legal pra contar. 


O titulo do post foi por causa dessa musica aqui:



Links para esta postagem |
30

(AINDA NAO) Passei! Dirigir na Belgica. [parte 2]

Posted by Luana on 16:48


Tenho certeza de que vocês se lembrar em detalhes de quando eu comecei minha procissao para tirar minha carteira de motorista belga, ne? Todo mundo lembra, certo? Eu eh que tinha esquecido, faz tanto tempo que fui ate reler o post (aqui).


Bom… A torcida do Antwerpen futebol clube ja tinha cantando a bola de que aprender a dirigir com o marido ia dar merda. Eu não diria merda, mas olha, como a gente discutiu e brigou por causa disso: "Voce olhou o retrovisor antes de entrar na frente daquele caminhão a 130 km/h?" – "sim, eu olhei!!" – "eu não vi você olhar".


Ahhh… finais de semana memoráveis! So que nunca!


Bom… E como terminou essa historia? Nao terminou, ne galera… Existe o curso normal da vida das pessoas e existe o curso cagado da minha, vocês ja deviam estar acostumados.



Senta que la vem ai historia... 


Bom... Muito drama mexicano.. Muitas brigas com maridon por causa de marchas mal usadas, freios de menos, acelerador demais, seta de menos, volume do radio de mais... Nao vou entrar muito em detalhes em relação a isso. 

Quando chegou num ponto que eu me convenci de que estava dirigindo bem o suficiente - comparativamente com os elfos daqui eu sou uma motorista maravilhosa! - achei que era hora de marcar a bendita da minha prova pratica.

Problema numero 1.

O nosso carro não poderia ser usado pra prova (aqui você pode usar seu próprio carro pra fazer a prova, o carro no qual você aprendeu a dirigir). Isso porque o nosso carro eh conversível e não tem banco traseiro (eles juram que tem, mas ali só cabem anões). Da lista de carros que não poderiam ser usados na prova eh claro que o nosso estava la. Eike sorte!

Como resolver o problema numero 1?

Tive que recorrer a uma auto escola, para poder usar o carro deles. Achei uma, a mais barata de sMol, marquei com eles e beleza (me da ate ataque de riso em pensar que eu achei que isso resolveria todos os meus problemas).Usar o carro da auto escola, com o instrutor junto (obrigatório) me custaria trocentos dinheiros elfos, mas era o jeito. 

Problema numero 2.

Eu preciso de um tradutor inglês x holandês pra fazer a prova. A prova aqui na região onde moro só pode ser dada em Holandês (nem vou reclamar muito, vai, nem acho que no Brasil existe a possibilidade de fazer a prova com tradutor). 

Como resolver o problema numero 2?

Fiquei sabendo de um que eh bom, entrei em contato e ele ia me cobrar mais trocentos dinheiros elfos (ate agora já são dois trocentos dinheiros, vão contando).

Problema numero 3.

O cara da auto escola me deu medo. Ele disse que era melhor fazer umaS (plural! plural!) aulas com ele antes da prova, pra eu "sentir" o carro. 
  
Como resolver o problema numero 3?


Engoli o meu orgulho, perguntei pra umas pessoas que dirigem ha muito mais tempo. Todo mundo achou que seria bom fazer as tais aulas. Eu emburrei e so fiz uma, ainda mais porque o espertinho da auto escola cobra por hora - cada hora eh uma aula - mas ele não permite aulas com menos de duas horas. Então, tecnicamente, eu fiz duas.


Problema numero 4.

Quando fui fazer a aula com o cara da auto escola ele tentou comer meu tempo me explicando o que era um freio, onde acelerar, como colocar o cinto de segurança. O cara vive de horas gastas por manes como eu que precisam de ajuda pra passar no exame de direção, então claro que ele faz a coisa rodar beeeeem devagar. 


Como resolver o problema numero 4?


Falei pra ele parar de me enrolar... Sou grossa, sou dessas.


Problema numero 5.

Eu estava acostumada a dirigir um Peugeot conversível, fui fazer a aula na auto escola num corsa mega apertado com um cambio maluco. 


Em vermelho eh minha interpretação livre.
Serio, de quem foi a ideia "felomenal" de colocar a re ao lado da primeira marcha? E quem disse que tocar Lady Gaga ao trocar a marcha seria legal? #ALOKA
Bom, o treco da marcha eu tirei de letra logo. Mas opa, bem vinda insegurança! Dirigir com seu carro e pegar outro não me ajudou muito. 


Como resolver o problema numero 5?


Fiz uma aula a mais (mais duas horas e mais trocentos dinheiros elfos, quanto eu ja gastei ate agora? nem lembro mais). Tava tudo tinindo... O cara da auto escola disse que eu dirijo bem e que era hora de fazer a prova.

TODAS COMEMORA! \o/

Tisc, tisc... Luana, sua trouxa...

Marquei a prova... Final de outubro. Dia lindo, sol, praia e mar.

Semana de ferias escolares, ou seja, ruas livres de milhares de estudantes muitos loucos, ocupando as ruas com suas bicicletas. 

Prova marcada... Chegamos ao lugar da prova. Eu, tio da auto escola (vamos chama-lo de Ze-Mane) e tradutor (Ze-Ruela). 

Como foi a prova? 

Sentei no banco do motorista (deeer), ao meu lado o Ze-Mane, atras de mim o Ze-ruela e atras do Ze-Mane o avaliador da prova (Sr-Mudo).

Ate fiz os faróis e o volante, pra ficar bem verossímil. hahaha

O Sr-Mudo não me falou nem boa tarde. Foi me perguntando como faz pra acender os faróis, como ajustar o cinto de segurança, onde se faz a troca do óleo do motor. Comecamos a parte de direcao. 

Entro numa rua compriiiiiida, limite 50km/h, mão dupla.

Tudo muito bem, tudo muito bom... Epa! Um ciclista! Sabe como os ciclistas se comportam nas ruas de Narnia Molhada do Sul? Assim: 

 
To detonando no Paint hoje!
Demoro um pouco, mas consigo ultrapassar o ciclista.

Mais pra frente, 20 ciclistas... Serio universo? SERIO? 

20 motherfuckers ciclistas, com roupitchas de corrida. A minha vida passou do problema da figura acima, pra isso aqui: 

Pra que photoshop, ne? O Paint faz TU-DO!
Ok... Como vou ultrapassar esses bonitos? Vai Luana, tenha calma... Rua de mão dupla, limite de 50 km/h... Merda essa rua nunca termina? Esses caras nao podiam parar e tomar uma agua? Eles nao poderiam morrer? Sumir? 

Dois carros ficam atrás de mim.. Um deles começa a buzinar...

"Corno!" - pensei...

O carro me ultrapassa e ainda me xinga... Nem ligo... Nao entendi mesmo...

Aparece uma chance de ultrapassar... Começo e... epa! os caras estão a 40, 45 km/h! Tenho que acelerar mais, pra sair logo da contra mão... Ultrapassagem feita! Eba! 

Continuo a prova... Vira aqui, vira ali, para aqui, faz baliza, coisa e tal... Volto pro centro de provas e to achando que passei. 

Então Sr-Mudo resolve falar, com traducao do Ze-ruela: "Naquele momento das bicicletas você ultrapassou o limite de velocidade... Era 50 km/h e você ultrapassou o grupo a 60. Se você tivesse ficado atrás deles eu também teria te reprovado, por segurar o transito". 

Que? QUE???? 

Sr-Mudo saiu logo do carro. Ze-Mane e Ze-ruela ficaram me falando que foi muito azar (cejura?) ter encontrado o grupo de ciclistas de velocidade que não tem o que fazer da vida, não trabalham e resolvem treinar no meio da uma cidade numa quinta feira as 2 da tarde. Ze-Mane, instrutor da auto escola, me disse: "de resto voce fez tudo certo, mas quem decide eh o avaliador".

Eike alegria! Eike amocao! 

 Voltei pra casa... E chorei de raiva... Claro!

O tio da auto escola disse pra remarcar logo, que da próxima não passava, patati, patata... 

Duas semanas depois to eu la, linda e loira, pronta pra ter minha carteira permanente. 

Como foi a prova? [parte 2] 

Cheguei na auto escola, de onde sairia pra fazer a prova. Espero, espero... Cade o Ze-Mane? Da o horário e nada dele... Eu tinha uma reunião super-mega importante na usina, que pelos meus cálculos cairia uns 15 minutos depois do termino da prova, ia dar tudo certo. 

FUEEEEEEEEEEEEEEENNNNNNNNNNNNNNN

Por que eu ainda insisto? Por que eu faco planos? 

Quando eu ja estava achando que Ze-Mane não viria apareceu uma tiazona. Vou chamá-la de Gardenal. 

Gardenal chega toda ornando... Colete verdão, a la boneco do Michelin. 

- "voce que vai fazer a prova com o Ze-Mane?"

- "sim sou eu..."

-"ele nao vem.... voce vai fazer comigo... E tem outra moca, que vai fazer antes de voce, pra gente usar o mesmo tradutor"

WHAT????? 

Perai... Custava me perguntar antes? Povo acha que ta de boas sair do trabalho do meio da tarde, perder o dobro do tempo esperado e ainda dividir meu tradutor? O Ze-ruela eh meu! Fui eu que vi primeiro! 

Entrei no carro de mau humor... 

Chegamos no lugar da prova... A mina que veio junto estava fazendo a prova pela terceira vez... Ela fez todo o curso de direção com a auto escola. Uma moca linda, de Gana. Com aquela pele super negra, lisinha... Inveja! =) Vou chamá-la de Jurema.

Gardenal - "A Jurema vai fazer a prova primeiro, voce fica ai sentada"

Ok, ok... Liguei pro meu chefe... Disso que não iria chegar a tempo pra reunião... 




40 minutos depois voltam Gardenal, Ze-Ruela, Jurema... Jurema com cara de kooh... 

Quando eles entraram na sala em que eu estava Gardenal comecou a berrar com a Jurema.

- "Como voce pode errar aquela curva, Jurema? Eu te ensinei a dirigir, nao tem explicação praquilo!" 

Eu nao sei o que foi que a Jurema fez de errado, mas po, berrar com ela ali? Na frente de todo mundo? 

Bom... Minha vez de fazer a prova... Entramos no carro, perguntas sobre como ligar o motor, como limpar o para-brizas, como buzinar (serio). O instrutor (não foi o Sr-Mudo, dessa vez foi o Sr-Legalzão) tava todo amigão.

Começamos a dirigir... O Sr-Legalzão pergunta, em holandes, pra Gardenal: "essa ai eh do mesmo pais que a outra?". Eles acharam que eu não estava entendendo... Gardenal disse que nao...

Fizemos praticamente o mesmo trajeto de antes. Chovia torrencialmente. Numa rua de 70 km/h eu fui a 60, pois chovia muito. Entra aqui, entra ali...Vira aqui, vira acola... Sr-legalzão começa a falar mal da Jurema. Que ela dirigia muito mal, que era um perigo. Ele pergunta pra Gardenal se Jurema tinha aprendido com eles, ela fala que sim, mas ja se justifica falando que ensinou direito, eh essa gente ai que não aprende rápido. 

Essa gente ai...

Entao Sr-Legalzao pergunta pra Gardenal se eu tinha aprendido com eles... Ela fala que não e ele solta um "ahhh..."

Avisto um semaforo la longe, ainda verde... Vou me aproximando e vejo que ficou amarelo, vou brecando devagar e paro. Quando eu parei o sinal estava vermelho. Atrás de mim para um caminhão, tranquilamente também. 

Gardenal surta... SURTA! 

Berra comigo: "voce devia ter seguido, estava amarelo e parou um caminhão atrás da gente. SE o caminhão estivesse mais rápido teria batido em nos" 

SE.. Novamente.. SE!!!

Nao fiz as manobras, nao fiz a baliza... Voltamos pro centro de provas e o Sr-Legalzao comeca a falar- "voce sabe dirigir, mas não me passou confiança. Naquele momento do caminhao voce fez certo em parar, mas a Gardenal tem razao em dizer que SE o caminhao estivesse mais rapido podia ter nos matado. Na pista de 70km/h voce foi a 60... Voce nao me convenceu ainda. Mas olha, ta quase la, viu?"

Pausa... SE um avião tivesse caído em cima da gente também teria nos matado. SE uma manada de elefantes tivesse passado ali teria nos matado, SE o gigante guerreiro Jaspion estivesse num dia ruim, poderia ter nos matado.

Nao passei... Nao passei porque o cara não sentiu confiança no meu jeito de dirigir. Gardenal dando showzinho dentro do carro deve ter ajudado, não sei... Eu tentei argumentar, mas Ze-ruela disse que não era pra falar nada, que só piorava. Que ele ja tinha visto isso antes e que não adiantava nada retrucar. 

Voltamos de carro, eu, Gardenal e Jurema... 

Gardenal - "meu anjo da guarda me salvou hoje.... Se o caminhão tivesse mais rápido teria matado a gente" 

Respirei fundo... Pedi pra cair uma pedra em cima daquela mulher. Uma bigorna Acme... 

Num semáforo praticamente igual estava amarelo, ela arrancou pra ultrapassar, vinha um caminhão atrás. Ja em cima da faixa de pedestres ela viu que não ia dar - tem câmera pra dar multa em quem passa no sinal vermelho - e freou bruscamente. O caminhao fez o mesmo atras. Sem drama, tava ate longe. Ela ficou bem puta, por ter parado no meio da faixa... Eu falei: "se o caminhao estivesse mais rapido tinha matado a gente, porque voce nao acelerou como voce disse que eu devia ter feito?" 

Sabem o que ela me disse? "eu ja tenho carteira, voce nao!"

Uma VACA leiteira! Apenas...

Calma que tem mais um pedacinho... Chegando em sMol ela me fala: "você agora eh obrigada por lei a fazer 3 aulas em auto escola, antes de fazer a prova de novo. Quando chegarmos em sMol a gente ja marca suas aulas"

A GENTE QUEM CARA-PÁLIDA???? 

Eu apenas disse: "e quem disse que eu vou marcar com vocês?"

FIM

Eh isso ai... Eu posso dirigir, com alguém ao meu lado. Farei a prova com outra auto escola e provavelmente em outra cidade. 

Esse blog eh minha terapia... Aqui eu venho pra rir... Mas podem acreditar, teve muita lagrima escorrida e muita raiva por conta de tudo isso.

E sim, eu acho que na segunda prova rolou um preconceito terrivel. Eu acho que belgas sao aprovados muito mais facilmente do que estrangeiros e não tem muito o que eu possa fazer em relação a isso. 




Links para esta postagem |
22

tumbalacatumba tumba tá [2]

Posted by Luana on 20:12 in
Vamos terminar a historia? Vamos!

Então, nos fomos a festa da cerveja (Gäubodenvolksfest) e la dançamos em cima das cadeiras, comemos um monte e nos divertimos... Voltamos pro nosso hotel ja bem tarde e no dia seguinte seguimos em direção ao sul de Munique, numa região com lagos. Foram 2 horas de carro ate la, num dia muito bonito.

Eu quero uma casa no campo
Onde eu possa compor muitos rocks rurais
E tenha somente a certeza
Dos amigos do peito e nada mais
Paramos em Linde, uma cidadezinha nos Alpes Chiemgau. 

Nosso hotel
Deixamos as malas e fomos direto para o lago de Seebruck, aproveitar a sol.

Vou  la nadar, depois eu volto.
Voltamos ao nosso hotel no final do dia e o gerente nos informou que haveria uma "festa das luzes" na beira do lago (em Seebruck) mais tarde e também aproveitou para nos dar a senha do Wi-Fi. E ai chegamos ao nome desse post. A senha do Wi-Fi era: "Sinsalabin drin brin".... hahahahahahahaha... E como eu sou a campeã sul americana em fazer associações nada a ver, na hora já me lembrei do grande "clássico" da Vovo Mafalda. Eu sei, coisa nada a ver! 
Bom, ficamos bem animados com a tal festa das luzes... Ja tínhamos participado de outra festa com esse nome, la na Tailândia... Lembram? Não,  ne? Eu nunca contei!
Voces acabam de entrar numa passagem secreta no Hunfs! 

tan tan tan, tantantantan tan, tan tan tan (isso era pra ser a musiquinha do Super Mario)
Voltamos a Dezembro de 2012 (porque eu sou muito boa pra contar as coisas num período razoável).

Lembram que estávamos em Koh Phi Phi (aqui)? Chegamos la e ja fomos atrás do nosso mergulho com os tubarões, coisa e tal. Bom, nos marcamos nosso mergulho por dia seguinte e vimos que haveria uma "festa das luzes" a beira da praia naquela noite (na verdade todas as noites em que estivemos la teve a mesma festa). 
Mas devo contar algo antes... Quando chegamos a ilha eu percebi que varias pessoas tinham ataduras nas pernas e bracos, curativos bem grandes. Eu nem falei nada pra Maridon, porque achei que pudesse ser por causa de acidentes com mergulho - peixes? Tubarões? Mordidas? - e se ele visse não ia querer mesmo mergulhar... Temi pelo pior e fiquei quieta...  

A noite fomos a beira da praia para tal festa das luzes. Eu achei que haveria alguns fogos de artificio, pois muitas pessoas estavam sentadas em frente ao mar.
A festa começou...  E logo eu já entendi o motivo das ataduras e curativos.


Viram o video acima? Pois eh... A tal festa das luzes eram uns tailandeses muito loucos (bêbados, pois vimos que eles bebiam o tempo todo) fazendo estripulias com fogo. Ao final do video acima da pra ver que eu desviei... Eh que o fogo pegou na cara de um rapaz que estava ao meu lado. Entenderam o por que dos curativos?

Tem mais... Eles colocaram caixas de som no ultimo volume e começaram a fazer brincadeiras com o fogo... Como essa abaixo... Cada pessoa que participava da brincadeira ganhava um "shot" de algum goro alcoólico. 


Viram as fofas queimando as pernas ao final?

E isso durou por muitas e muitas horas. Com as pessoas cada vez mais bêbadas e as brincadeiras cada vez mais perigosas. No video abaixo, prestem atencao ao rapaz de sunga e meias... M-E-I-A-S! A mulher dele ficou batendo palmas enquanto ele se agarrou numa outra menina. Eike absurdo!
Fim das explicações sobre a festa das luzes na Tailândia. Saindo da fase secreta.

tan tan tan, tantantantan tan, tan tan tan (isso era pra ser a musiquinha do Sonic)
Na Alemanha, seguimos para a "Festa das Luzes" de Seebruck. Sabiamos que não haveriam loucos brincando com fogo, mas pelo menos uns fogos de artificio? 
Bao... Festa das luzes nesse caso eram umas velinhas... hahahaha
E um balão que foi inflado, mas não voou!


Ele não voou!
A festa foi legal? Super legal! Mas convenhamos que a definição de "festa das luzes" muda muito de um lugar pra outro, ne? 

O que fizemos? Comemos, oras! 

D-E-L-I-C-I-A!
Sanduíche de carne de porco e Coca Cola com Fanta (Libella).
E eh isso... No dia seguinte dirigimos 6 horas de volta para sMol. 

FIM!


Links para esta postagem |
28

Post chato e desagradavel sobre ciencia.

Posted by Luana on 20:08 in
Ja vou avisando... Esse eh um daqueles posts chatíssimos em que eu falo sobre ciência (a Luana pira, a Luana da pulinhos de alegria, mas a Luana eh cientista, não conta).

Primeira coisa que eu achei maravilhoso foi esse artigo sobre os hambúrgueres do McDonalds. Sabem aquele mito sobre eles? Nao aquele que fala que a carne eh de "minhocuçu", mas de que ele eh tao artificial, mas tao artificial que nem os fungos e as bactérias os comem... Pois bem... Eis a prova cientifica se isso eh verdade ou não (não vou dar a resposta, vai la! Nao dói muito)


---------------------------------------------------------------------------------------

Outra coisa eh esse site MAGAVILHOSO que maridon me mostrou em se pode ver estatística pra quase tudo nessa vida. Conseguiu me tirar do Candy Crush, eh um milagre, senhoras e senhores!

O site eh esse aqui.

Nele você pode ter uma visão real de como coisas como educação/saneamento/renda.per.capita/igualdade.social/... (insira aqui sua escolha) foram evoluindo com o tempo. Nos graficos da para comparar de pais pra pais (da pra fazer uns filminhos, eu "perdi" facil umas duas horas so brincando com isso).

Por exemplo:

Sabem qual eh a taxa de assassinatos no Brasil comparada com Narnia Molhada do Sul? Sabem como tem evoluído desde que as estatísticas oficiais começaram? 

(Brasil em Amarelo e Narnia em laranja) link

E a expectativa de vida?

Nao sei onde saiu esse "Filipinas" desconsiderem
Desde o começo do seculo XIX Narnia (bolinhas laranjas) ja saiu na frente...Da para ver algumas oscilações que condizem com tempos de guerra. Eu achei muito curioso como a expectativa de vida do brasileiro era praticamente a mesma (32 anos) ate meados dos anos 50 (1950) quando existem duas grandes subidas. Alguem ai sabe o motivo? Seriam vacinas? Seria melhor economia e distribuição de renda? Seria por causa de antibióticos? Se vocês forem no link e clicarem em "play" (que fica abaixo no gráfico, na parte esquerda)  da pra ver as curvas crescendo... Eh muita emoção, Brazweeel! 

E qual sera a media de anos de estudos de mulheres com 25 anos? 


Achei bem curioso eles só começarem a medir esse tipo de dado só a partir de 1970 (tanto pra Narnia, quanto pro Brasil). Nos anos 70 as mulheres com 25 anos tinham, em media, 2 anos de estudos. Inacreditável! Hoje em dia são quase 7, o que ainda eh bem vergonhoso. No link (e no gráfico acima) vocês podem ver que o a educação das mulheres de hoje, no Brasil, assemelha-se das elfas-belgas de 1970. Mais de 40 anos de defasagem! O pais com maior numero eh o Canada, com media de 14 anos de estudo. 

Que fique claro. Eu nao estou comparando os dados com a Bélgica pra mostrar como aqui eh "fueda" e o Brasil eh uma merden. Nao acho e não eh! Muito facil ficar de mimimi que o Brasil nao presta, que "la fora" que eh bom, sem fazer uma analise critica e real dos motivos e "culpados" disso tudo. Eu comparo Bélgica e Brasil porque moro em um e vim de outro. Pra mim esta bem claro que existem melhorias surpreendentes, que tem muita coisa ainda pra melhorar... E que eu posso ficar ali brincando de plotar gráfico over and over! 

------------------------------------------------------------------

Pra finalizar o momento cientifico/nerd/porre do dia tem esse site com gráficos MAGAVILHOSOS e coisas que eu achei bem absurdas. Como por exemplo saber que tem metade da humanidade nesse circulo abaixo!

Nunca mais reclamo quando pegar metro lotado na Se.


Links para esta postagem |
22

tumbalacatumba tumba tá [1]

Posted by Luana on 23:15 in
O titulo desse post sera explicado no decorrer do texto... Ou não... Enquanto isso, põe o som pra tocar.

Melhor que a Vovo Mafalda, fala ai...

Fizemos a ultima viagem, foi la pro sertão de Goias da Bavaria, na Alemanha, fui eu e o Chico Mineiro Maridon...

Entonces... Teve feriado... Tava calor pra dedeu e a gente eh VID4 LOK4... Dessa vez não compramos ingressos pra um festival nada a ver... A gente FOI num festival nada a ver! YEAH!

Bão... Mas vamos por partes.. Primeiro a parte histórica, profunda e edificante...

Passamos por Nuremberg, no primeiro dia. Essa cidade eh famosa por inúmeros motivos, provavelmente o maior seja sua relação com o partido nazista. Era considerada a mais alemã das cidades e por causa disso (e de seu passado relacionado ao império Romano) Hitler a escolheu para ser palco das convenções do partido nazista. Nao eh atoa que depois, ao findar a guerra, a Franca, Inglaterra, USSR e USA escolheram Nuremberg como local para julgar alemães por crimes de guerra. 

Ja viram "O Leitor"? Tem que ver! Ja viram "Nuremberg"? Tem que ver! 



Mas voltando....

Nuremberg foi praticamente totalmente destruída durante a segunda guerra... Mas muito foi reconstruído. O Palácio de Justiça funciona ate hoje e existe um museu sobre os julgamentos famosos.

Palacio da Justica de Nuremberg.

Eles ganharam a guerra, eles julgam.
Mas impressionante mesmo não foi o Palácio da Justiça, mas sim as áreas de desfile do partido nazista. O lugar que um dia esteve assim:

Não acredito que estou colocando uma foto dessas no meu blog. Bando de FDP!
Hoje esta assim:

Parque publico, onde as pessoas vão andar de bicicleta.
A prefeitura não aprece estar muito preocupada em manter e restaurar o lugar. Honestamente? Eu também não estaria. Esta tudo caindo aos pedaços e tem placas avisando os perigos de subir ali.


Se a Alemanha tivesse terminado a segunda guerra vitoriosa, sera que eu estaria hoje aqui falando sobre Nuremberg num blog? Eu e Maridon, um casal inter-racial (acho essa palavra bem besta, mas pra vocês terem uma ideia do que eu estou falando), 80 anos depois, ali, tirando fotos e posando felizes, num belo dia de sol... Comemos uma Currywurst e bebericamos uma apfelschorle ("refrigerante" de maca) em frente ao lugar. CHUPA Hitler!

DELICIA!!!
Mas oh, Nuremberg eh uma cidade linda. Eh a capital da famosa bratwurst, a salsicha deliciosa alemã. 


E a gente se acabou de comer... Claro! 

Mãe, isso não eh uma cervejona, eh um copo de Guarana, ta? ;)
Tem uma "cidade antiga" no centro (onda ficava o nosso hotel), com o antigo castelo, casinhas fofas, muros medievais. 

Tava o maior calor e o cara entrou la mesmo, que inveja!


Depois de Nuremberg (local onde Copérnico escreveu grande parte de sua obra, muito amor!) partimos para Straubing. Essa cidade eh pequena, fica quase na divisa com a Republica Tcheca e eh conhecida por sediar a segunda maior festa popular (ou seja, da cerveja) do mundo, perdendo apenas para a Oktoberfest, em Munique. O Gäubodenvolksfest!!! Eu disse que a gente tinha ido pra uma festa nada a ver...

O que tinha la? Um parque de diversões, umas tendas enooooormes com mesas e musica ao vivo, pras pessoas entupirem a barriga de carne de porco, ouvindo schalger*, todas vestidinhas de "bávaros".

Imagina uma festa com umas 10 mil pessoas, todas vestidas assim, menos voce?
O que fizemos? Entupimos nossas pancas de carne de porco, ouvimos umas musicas muito ruins (desculpa, mas schlager eh engraçado, não eh bom) e nos divertimos muito, mas muito mesmo.



Muita gente comendo e bebendo cervejonas (Maß)

Depois de comer muito:

Joelho de porco e a Luana falhando miseravelmente na tentativa de comer menos carne.
As pessoas começaram a se empolgar a subiram nas cadeiras e dançavam ritmados com as musicas ruins... Ate tocou "Gustavo Lima e você txerere" (eu tenho video pra provar, mas maridon não deixa colocar video com a carinha linda dele aqui, então vocês acreditem se quiserem).

Mas tem esse video aqui, pra mostrar que estávamos todos em cima das cadeiras, dançando sabe-se la o que... haha


Eu não consegui chegar ao ponto da historia em que conto porque do nome do post... Vou ter que fazer uma "parte 2".

Mas oh, tem historia, video e fotos bastante pra vocês comentarem... Manda vê ai! 


Links para esta postagem |
Web Analytics

Copyright © 2009 Hunfs All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.