46

China - parte 5

Posted by Luana on 11:34 in
Entao, como eu prometi, vamos continuar a contar a historia da China. Ainda vai faltar dois posts, sobre comida e sobre compras. Acho que essa semana eu escrevo tudo.

Lembram que eu contei que quando cheguei o taxista que me levou ate o hotel, ops, ate a frente do estadio olímpico e me deixou sozinha la, não falava uma palavra em inglês? Conto aqui.

Bom, ele não falava mesmo, mas deixou logo no começo da nossa jornada bem claro de que tinha gostado de mim... Logo que eu entrei no carro vi que não havia cinto de segurança, depois eu fui descobrir que na China eh falta de respeito usar o cinto de segurança, pois isso significa que você não confia no motorista.  

Eu sentei na parte de trás do carro e o meu taxista começou a olhar muito pra trás, deixando a direção, como direi, SEM DIREÇÃO!  Ele olhava pra trás, apontava para mim e fazia sinal de positivo com a mão.

U VERY NICE!
Não contente, o sujeito ainda tirou os óculos escuros que eu estava usando e colocou no rosto dele...E, com gestos, perguntou se ele tinha ficado bonito.

To gatão?
Eu comecei a me preocupar mesmo quando ele começou a virar pra trás e pedir aperto de mão (pêra, uva, maçã ou salada mista?)... A viagem estava ficando mais longa do que nunca. Achei que começaria minha estadia na China sendo sequestrada por um taxista nanico e tarado.


Quando ele me deixou em frente ao estado olímpico e desceu para pegar minha mala ele disse tchau e tentou me dar um abraço.... Um abraço, minha gente... Vamos de novo, devagar, agora... O taxista tarado e nanico tentou me dar um ABRACO de despedida... 

No John Lennon eu dou um abraco!
O que eu, pessoa sensata e educada fiz?

Dei um baita empurrão no cara, ne? Lancei ele longe! Ta pensando o que.... hunfs

Ate fui ver na internet se era algo comum, cultural... Era nada! Era o besta do taxista tentando tirar uma casquinha... E sim, eu peguei meu óculos de volta... E lavei antes de usar de novo...

Bom... vida segue... E dali alguns dias estava eu andando pelas ruas de Pequim, perto do meu hotel, vendo as lojas... passeando... Quando brota um sujeito do nada, para na minha frente e começa a falar em chines sem parar...

Eu tentei falar em inglês, perguntei se ele falava inglês, fiz gestos, mimicas... A dança do siri... Tentei o ritmo ragatanga... Nada... O cara não parava de falar e sorrir pra mim...

possuída pelo ritmo ragatanga... oi?
Dai o cara resolveu dar um passo em nossa relação e me pegou pelo braço... Ele agarrou meu braço direito e começou a me arrastar... 

Eu achei que aquilo era muito abuso... Sem me chamar pra jantar antes? Nem pensar! Soltei meu braço com força, mas quem disse que isso sensibilizou o chines maluquinho? Nada! Ele voltou a agarrar meu braco, e dessa vez com mais força... E tentou de novo me arrastar para sei la onde... 

Novamente eu usei toda a sensibilidade e meiguice que me compete e empurrei o cara longe... empurrei com vontade, sabe? Ele quase caiu... Nessas horas não tem UM policial, ne? A cidade toda lotada de policiais com suas luvinhas brancas e bem nessa hora que eu sou atacada por um sósia do Jackie Chan não tem ninguém pra me defender?  

Não pode tirar foto! Mas ser atacada por um chines na rua pode!
Quando o cara percebeu que eu não ia pra lugar nenhum com ele, sorriu e deu tchauzinho. Ele fez igual ao cara do taxi, apontou pra mim e com gestos deu a entender que me achava bonita... Dai eu vi que ele entrou na loja da Apple e fiquei pensando... Sera que o cara estava tentando me levar pra la? Pra que? Me obrigar a comprar um Ipad? Serio... Gente louca! 

Outro dia (ontem) alguém me mandou um e-mail "anonimo" (esse povo acha que a gente nao sabe quem eh, né?) dizendo que eu me acho e que sempre posto historias de como os homens caem aos meus pés, mas que na verdade eu sou muito água com açúcar. A pessoa realmente usou a expressão "água com açúcar". E dai acha que eu não sei quem eh, né? 

Mas serio, como eu posso me achar alguma coisa se só estrupício, maluco e tarado assassino me persegue?  Eh o mesmo que se achar por ficar levando cantada de pedreiro, ne? Nada contra os pedreiros, mas fato eh que eles cantam qualquer coisa que fale mais fino que eles! To errada? Então que termômetro de medida de "belezura" eh esse? 

Serio, eh só ver as historias do blog... O assassino tarado de Lyon. O elfo stalker das ruas de sMol. O caso da USP. Como eh que eu posso me achar alguma coisa com gente assim dando em cima de mim, serio? 

No dia que o David Bowie (amor eterno, amo verdadeiro!) der em cima de mim, dai podem ter certeza que eu venho aqui rebolar de fio dental (oiiiie!!! No sentido figurado!) na cara da sociedade recalcada que gosta de mandar e-mail anonimo. 

Oi gata, você vem sempre aqui?
Ahhh... E para constar... Maridon eh maravilhoso, maravilhoso de capa de revista... Podia fazer comercial de perfume famoso, com aqueles olhos verdes lindos... Isso sim eh algo para eu me gabar... Mas você sabe disso, né "anonimo"? 

A palavra em flemish de hoje eh knap = (Maridon) gatão

Links para esta postagem |
27

China - parte 4

Posted by Luana on 00:37 in
Vou continuar a historia fora de ordem mesmo, porque esse texto ja estava quase pronto num email e como hoje eu preciso estudar a culpa dói menos.

Essa parte da historia eh sobre meu ultimo dia de viagem, um depois da minha visita a muralha da China. Minhas pernas doíam MUITO e toda hora eu pisava em falso, de fraqueza muscular mesmo, mas eu já tinha planejado passeio pro dia todo, tive que ir...

Acordei cedo, tomei o cafe da manha maluco – porem gostoso – pela ultima vez (post sobre comida logo, logo vem ai), fiz check out do hotel e fui de metro ate o centro para visitar a praça da Paz Celestial e a cidade proibida. Eu queria ter conhecido o templo do paraíso, mas não deu tempo.
O metro em Beijing funciona bem ate… Tive que trocar de metros 5 vezes para chegar ao centro, mas havia bastante informação em inglês - todas comemora! \o/ - e era tudo muito simples de seguir. Eu não me perdi/confundi nenhuma vez e isso, senhoras e senhores, eh muito, mas muito difícil de acontecer… 
A passagem custa apenas 2 XingLings – o mesmo que a Coca, lembram? – e da pra usar por toda a linha. Os trens são novos e relativamente limpos maaaas… Sabem a estacão de metro da Se as 18:00? Poois eh, o metro em Beijing eh igual, só que em TODAS as estacões e a qualquer hora… Eh gente entrando e saindo, correndo, se empurrando e espremendo… Povo se enfia no vagão, todo mundo bem na vibe lata de sardinha, e dai eles todos começam a usar o celular, ou pra ouvir musica – sem headphone – e pra cantar junto, ou pra ligar pra alguém, ou pra ver TV ou jogar… Tudo coisa que nem faz barulho, neh? Isso sem contar quem resolve colocar a conversa em dia com, sei la, a mãe, pelo celular e fica aos berros… Alias berros define esse lugar… Se bobear Beijing quer dizer "berrando muito alto na montanha do dragão" em chines… Porque tudo tem um "montanha", "dragão", "tigre" na tradução das palavras por aqui… hahahaha

Isso eh no Japão, mas na China só faltou gente me empurrando desse jeito...
Depois de mais de uma hora trocando de metro e brincando de ocupar o mesmo espaço ao mesmo tempo com vários corpos chineses cheguei na estacão que sai bem em frente da praça da paz celestial - Tiān'ānmén Guǎngchǎng - que eh a antiga entrada da cidade proibida, construída em 1415 pela dinastia Ming E o que eu vi primeiro? A carona do Mao Tse Tung? Nadaaaaa… Uma quantidade absurda de gente, turistas, só que 99,9999999% eram chineses… Tanto que quando eu encontrava com algum raro turista ocidental conversava com eles – alias, era totalmente reciproco… "você fala inglês? Sim?? Gracas a Deus!!"… Dai sempre reclamávamos da quantidade de gente, do calor e da língua… hahahahaha

Saída do metro: gente, gente e mais gente
Cheguei ao local de onde o Mao (sou intima, chamo pelo primeiro nome) ficava la falando as baboseiras dele (nem to curto, Marx, beijo!) e subi ate onde ele ficava… Na verdade eu subi de mane mesmo… Tinha uma placa – eu acho que era bem engana turista – e dai falava "bilheteria para a Cidade Proibida". Fui la felizona comprar e vi que estava ¼ do preço que havia visto na internet… Milagre? Nada, eu comprei pro lugar errado… Depois encontrei dois estrangeiros na fila – quilométrica – verdadeira para a cidade proibida e eles disseram que caíram na mesma cilada… Deve ser de proposito mesmo… 

Eu subi la naquela casinha acima da foto do Mao Tse Tung.
Enfim, antes de ver o tal lugar tive que entrar em outra fila – comunista adora uma fila, vamos combinar, ne? – pra deixar minha bolsa, pois era proibido de entrar no honorável local com qualquer bolsa… Tive que pagar 2 XingLings pra isso… Hunfs… Uma Coca Cola desperdiçada!!! Antes de subir, outra fila (olha ai!) e uma policial veio me revistar… Porque toda segurança eh pouca no treco la do Mao… Dai finalmente subi e… nada… Tem o palanque, de onde tirei a foto abaixo e umas fotos na parede e só… Alias, fotos que você não pode fotografar de jeito NENHUM… A policia faz você apagar – não aconteceu comigo, eu nem tentei depois de ver o policial berrar (mais do que o normal) com um chines e arrancar a câmera das mãos dele…

Imagem panorâmica mostrando a praça da paz celestial; com o monumento aos Heróis do Povo, o mausoléu do Mao Tse Tung no centro, o museu nacional da China a esquerda e o Grande Salão do Povo a direita. 

Imaginem isso com vários chineses marchando, imaginou? Veja aqui.

A vista eh muito, muito legal! Mas precisava de tanta segurança e frescura pra isso? Enfim...
Depois de pegar minha bolsa de volta fui ate a fila (iuuuupi) ad infinitum de chineses muito enlouquecidos para comprar o ingresso para a cidade proibida… Quando eu achava que a fila estava andando e chegaria logo a linha vez brotava chines na minha frente… Eles deixavam, sei la, o vovô "Xuang Lee" e dai quando ele estava perto do guichê toda a família (tipo, a população da cidade de Itu) aparecia para comprar ingresso… Super gostei, só que não… 
Bom, entrei finalmente e foi aquele mar de gente, todos chineses, com raras cabecinhas loiras de gringos dos EUA ou da Zoropa… Guias levavam turistas chineses aos montes, e cada um tinha consigo um megafone, olha que legal? E todos berravam no megafone e explicavam, todos ao mesmo tempo, coisas para seus guiados… Se lingua se aprendesse por osmose eu ja era fluente, CERTEZA!!! 

Entrada verdadeira da Cidade Proibida e o mar de chineses.

Em um momento passou um casal da Franca e eles me disseram "porque eles berram tanto?" (em francês, logico, ja viu um francofônico falando inglês? Ra!) e eu concordei e ficamos dando risada… Que feio rir dos outros, não eh? Eu não gosto, mas nossa reação foi tao sincronizada que não deu como não rir… Diferenças culturais, de novo… 

Cidade proibida, primeiro prédio
Cada prédio tinha uma exposição dentro e era separado da população por vidro – embaçadíssimo, diga-se de passagem – e dai todo mundo se contorcia para poder ver, tirar foto, fazer pose de facebook… E dai isso atrasava o processo e ficava uma multidão na frente, todos se cotovelando – quando se sentir sozinho no mundo, vá pra china!! – ate o momento que eu desisti de ver o que tinha dentro dos prédios… Ou eram camas, tronos, tapetes… Cotovelada debaixo das costelas não vale tanto, serio… As vezes nem eram os cotovelos que acertavam minhas costelas, mas as cabeças dos chineses, porque eles são pequenininhos – em geral – ou eu que sou grande… 

Uma das minhas tentativas de tirar foto de dentro das casas, varias cabecinhas.

A cidade proibida (Shenyang) foi construída no final da Dinastia Ming e começo da Dinastia Qing, em 1409. Durante quase 5 seculos foi a morada da família real chinesa e eu ultimo imperador, Puyi (ja viram o filme "O Ultimo Imperador"?), saiu de la em 1912, com a proclamação da republica chinesa. O lugar eh muito, muito grande! Ja foi muito mais majestoso, mas a segunda guerra mundial (sempre ela) e os japoneses trouxeram muita destruição, junto com 19 mil caixas com pecas e riquezas saqueadas. 




Jardim dentro da Cidade Proibida


Quando sai da cidade proibida vi um parque lindo e tive que entrar.

Vista do parque Jingshan em frente a Cidade Proibida.

Desse parque se tem uma vista maravilhosa de Beijing… Olha só!! E a densidade de chineses por metro quadrado nem era toa grande! Tive que pagar mais 2 XingLings (mais uma Coca, snif) pra entrar nesse parque, mas era bonito a valeu a pena… 

Cidade proibida vista de cima do parque.

Saindo do parque eu tinha que dar a volta do quarteirao da cidade proibida para voltar a estacão de metro… Olha, quando um chines disser que eh so andar um quarteirao prepare-se… Voce vai andar quilometros… Vai ver "quarteirao" em chines quer dizer "berrando muito por quilometros em cima do tigre". 

Vista de Beijing.
Andei, andei… Tinham vários restaurantes, bem típicos… Andei, andei… E dai voltei finalmente no lugar onde tinha o metro… Dai olhei no relógio e QUE? Ja tudo isso??? Preciso voltar (laaaaaaaa) pro hotel, pegar minha mala e ir (laaaaaaa) pro aeroporto…Eu resolvi ir ao aeroporto de metro… Mesmo com os chineses aos berros, dentro do metro me esmagando, vale a pena pagar 100 vezes menos, neh?

A historia continua, ainda preciso contar varias coisas, como o chines que agarrou meu braco no meio da rua...

Aguardem...

E se você ainda não viu, tem o murphymeter ai do lado no blog, do lado direito.

Experimente dja!

Links para esta postagem |
38

China - parte 3

Posted by Luana on 13:43 in
O congresso organizou vários passeios. 

Normalmente eu não pego passeio organizado por congresso, prefiro organizar eu mesma o que eu quero ver e no ritmo caliente que eu quero ver, mas na China, onde tudo eh absolutamente longe e ninguém fala inglês, eu resolvi dar o braco a torcer e peguei o pacote que faria o passeio ate a muralha da China, entre outros lugares.

Nesse passeio estavam varias pessoas do congresso (obvio) e dentre eles vários brasileiros. Gente da USP, da PUCRS, da Unicamp... Eu conheci um professor (eu acho que ele eh físico) que trabalha na Unicastelo e ele eh todo atleta, subiu o Kilimanjaro e esta com viagem programada para o Everst. Isso ja aticou minha competitividade... Eu gosto de competir pelas coisas mais imbecis possíveis.... Podia competir por quem publica mais artigos por ano, quem ganha o premio Nobel mais rápido (sei), mas não, eu gosto de competir por coisas banais, como quem sobre a muralha da China mais rápido, ou se eu sou capaz de ultrapassar um trator

Ja atropelei a historia toda... Mas pra chegar ao topo da muralha da China temos que subir escadas ad infinitum... E quando eu vi que o professor-atleta ficou meio pra trás (ele estava conversando com alguém) eu botei na primeira marcha e comecei a subir, subir.... 

Era o final? Logico que não! Depois disso vieram muitas e muitas escadas.

No caminho eu pedi pra um ocidental (impossível pedir pra um chines) tirar uma foto minha, ouvi ele falando em sueco com outra moca e me animei: "svenska?". O homem estava no mesmo congresso que eu e dai começamos um papo sobre física medica e a Suécia. Usei todo o meu repertorio de sueco e ficamos conversando, enquanto subíamos. 

Problema que esse cara também era um atleta, no dia anterior tinha subido outra parte da muralha e andado por mais de 2 horas - ele disse que parou porque a filha dele, aquela molenga, tinha cansado -  e nisso foi subindo num ritmo caliente muito rápido. 

E eu, a competidora, não deixei por menos e fui subindo junto com ele, conversando e tentando controlar minha respiração para não demonstrar que estava a beira de um ataque cardíaco. 


Num dado momento chegamos num local com sombra e umas barraquinhas com quinquilharias. Com a desculpa de que queria tirar umas fotos parei e foi só o sueco sair de vista que eu comecei a ventilar... hahaha



Ele continuou subindo..

Tirei forcas de sei la de onde e fui atras.... Quando reencontrei o sueco ele me disse "achei que você fosse desistir"....

Que? Queeeeeee? Agora ficou pessoal! Eu respondi: "JAMAIS!" e continuei subindo... O sueco foi ficando pra trás e num dado momento resolveu parar para respirar... 

Eu fui subindo, fui subindo e morri... Cheguei!

Sim, eu comecei laaaaa de baixo!
Fui a primeira a chegar ao topo.. Logo depois veio o sueco e depois o professor-atleta. Fiquei tao feliz por ter sido a primeira a chegar! Contei pra todo mundo que eu pude e, logico, as pessoas fizeram cara de "aham, senta la", porque, ne, quem se importa?


Estávamos em dois ônibus lotados e digo sem exagerar que só 5 ou 6 pessoas subiram ate o final. 

Estar na muralha da China foi fantástico! A nossa guia explicou que a muralha tem mais de 5 mil quilômetros de extensão. Vocês fazem ideia de quanto eh isso? A costa do Brasil tem pouco mais de 7 mil quilômetros. Agora, imaginem o tempo, dinheiro, quantidade de vidas e tudo mais gasto pra construir aquilo tudo?

Fonte - wikipedia
A construção começou no seculo III a.c. pela dinastia Qin, e ha uma estimativa de que centenas de milhares de pessoas morreram construindo a muralha. A maioria das construções foram feitas mesmo na dinastia Ming, no seculo XIV, para proteger a China contra o exercito Mongol e contra os piratas Japoneses (alias, nossa guia falou com certa magoa sobre os Japoneses, mas isso eh historia para outro post).

Quando eu penso nessas civilizações antigas eu sempre imagino que droga que devia ser quando você era apenas um mero camponês. Esses imperadores e seus sonhos de grandeza! Fácil resolver construir uma muralha, uma piramide, uma tumba gigantesca... Eh só mandar um bando de camponeses pobres e escravos fazerem o trabalho pra você, ne? As pessoas ja viviam pouco, dai viviam menos ainda construindo essas coisas por horas a fio (nada de ferias remuneradas, 13 salario, seguro de saúde/vida). 

Alias, mudando um pouco de assunto... Eu nunca ouvi falar de alguém que tenha feito regressão e tenha dito "construí parte da muralha da China e morri com 15 anos"... hahahahaha


Bom, eh triste saber que tanta vida humana foi usada para a construção, mas a obra em si não deixa de ser maravilhosa e imponente! Não eh verdade que da para ver a muralha do espaço, mas de certo da pra viajar muito quando você chega la no topo sem ar e delirando.

Vocês conseguem ver o resto da muralha, ao longo da montanha?
Essa foi só a parte da manha do passeio... Tem mais coisas, mas esse post esta grande o suficiente.

A palavra em Flemish do dia eh Berg = Montanha

ps. Ja viram o Murphymeter, tambem conhecido por Murphy's Calculator? Esta ai do lado direito da pagina! Aproveite

Links para esta postagem |
24

China - parte 2

Posted by Luana on 20:13 in
Estou doente... Estive esses dias todos sob um calor de quase 40C la em Pequim, dai volto pra Narnia Molhada do Sul e estava frio e chovendo. Peguei uma baita gripe e fiquei de cama dois dias... Olha que legal? 

Também estou com o rosto todo descascando, porque a pessoa aqui acha que a quantidade natural de melanina no corpo eh o suficiente para proteção e esquece que o sol queima SIM!

Mas vamos continuar a contar as minhas aventuras na terra dos XingLings... 

Eu fiquei num hotel muito bom, já disse, que faz parte do complexo construído para as olimpíadas de 2008. O prédio que eu fiquei foi, outrora, onde atletas também ficaram...  Não eh legal?  

O meu era o primeiro, do lado direito. Cada simbolo ali em cima significa uma letra
Meu primeiro passeio foi pelo complexo olímpico. O Ninho do Passarinho, ginásio de abertura dos jogos olímpicos ficava bem pertinho do meu hotel e do prédio do congresso. 

Estadio Ninho do Pássaro


Mascotes Olímpicos - Comixao e Cocadinha

Eu tive que pagar 50 XingLings (7 Euros) pra entrar no estadio e mesmo assim somente para ver a parte térrea.  Logo na entrada um sujeito tentou me vender tickets falsos (olha que legal?), mas como ele não sabia falar inglês e os tickets pareciam ter sido catados no lixo eu desconfiei e dai vi o lugar verdadeiro para comprar entradas. Tinha um guarda perto desse mane e ele não falou nada, ou seja...  Honestidade, cade?

Dentro do estadio

Mas olha, valeu a pena ter entrado no estadio... Eh lindo por fora e por dentro. Eu chorei... Chorei porque qualquer coisa com olimpíadas me lembra o meu pai... Ele que defendeu a camisa da seleção brasileira de basquete por tantos anos e foi a tantas olimpíadas. Em 2008, quando aconteceram os jogos olímpicos na China, ele ja estava bem doente... 

Depois de ver o estadio vi a parede onde eles colocaram o nome e modalidade de cada medalhista e eu, claro, fui procurar os brasileiros. 


Depois disso fui ver o parque aquático e o estadio coberto. Não entrei em nenhum deles, achei que pagar 50 XingLings pra cada prédio já era abuso. 

Cubo Aquático
Estadio coberto
Alias, vocês conseguem ver uma especia de neblina nas fotos? Isso eh poluição! Minha rinite alérgica atacou feio!
Uma curiosidade sobre as Olimpíadas na China, cada medalha foi confeccionada não apenas com os metais comuns - ouro, prata e bronze - mas também com pedaços de Jade, uma das pedras preciosas comuns na China.

Fonte - Wikipedia
Eu fui visitar um lugar em que se fabrica joias e objetos de decoração em Jade, mas fica para um outro post. Eu achei a ideia de colocar uma pedra nacional na medalha ótima, sera que isso sera feito nas Olimpíadas no Rio? Nos temos pedras lindíssimas!

Bom, estou eu la, andando e andando e encontro, no meio do centro olímpico, uma especie de praça de alimentação, cheia de barraquinhas tipicas... Tirei algumas fotos e fiquei la, escolhendo o que eu ia provar... Ate que... segura o Tchan, tchan, tchan!


Uma barraquinha com insetos/aranhas/escorpiões!!!

Gente, foi tanta emoção! Eu tirei foto dos escorpiões acima e fiquei la "provo? Nao provo? Provo? Nao provo?". Fui tirar foto das outras guloseimas e a foto saiu assim:


Toda turva porque o chines que cuidava da barraca GRITOU comigo... Eu levei um baita susto e a foto saiu desse jeito... Mas da pra ver aranhas e grilos e outras coisas com e sem perninhas... 

O chines ficou gritando "No photo!!! No photo!!" e me mostrou um cartaz com a imagem de uma câmera e algo escrito em chines... Filhão, você acha que eu ia entender? 
Olha, eu fiquei tao revoltada por ter levado bronca do cara que desisti de provar qualquer coisa ali... Na verdade, antes dele gritar eu ja estava pendendo fortemente pro "não provo" porque o aspecto era muito sujo e nojento... As barraquinhas todas pareciam ter higiene zero e eu ouvi vários casos de pessoas do congresso - ocidentais - que tinham tido piriris terríveis... 
Eu vou fazer um post somente sobre comida, então por enquanto fica como um gostinho para vocês... hehehehe
E para finalizar, no final do meu passeio pelo centro olímpico vejo o simbolo do capitalismo...
 
hahahahahahaha

Chupa comunismo!!! Chupa Stalin!!! Chupa Mao!!!*

A palavra em flemish de hoje eh Schorpionen = Escorpião

* Tem que avisar, mas enfim, isso eh uma piada...

Links para esta postagem |
37

China - parte 1

Posted by Luana on 21:45 in
Voltei da minha viagem pra China, obrigada a todos pelas mensagens e comentarios... O blogger - bem como o facebook, yahoo, google maps e praticamente todos os sites que eu costumo acessar - eh bloqueado por la, entao o post abaixo foi escrito no meu primeiro dia, mas so agora eu consigo publica-lo...

Primeiro dia de viagem… 

Estou aqui no hotel tentando usar a internet… Eles possuem internet rapida ate, o problema eh que quase todos os sites que eu uso sao bloqueados.

O Gmail eh a unica coisa do Google que abre, o facebook nao entra, nem o yahoo e nem em sites de noticias eu consigo entrar…

Ate agora tudo correu relativamente bem… Quer dizer… Dentro dos limites…

Meu voo veio abarrotado de chineses, acho que 90% das pessoas eram chinesas… Eu consegui lugar na saida de emergencia e minhas pernas agradeceram, pois consegui estica-las… Ao meu lado veio um chines porquinho que peidou a viagem inteira.. Eu disse a viagem INTEIRA, reparem…

Ele soltava aquele peidao, bem alto, como se nada estivesse acontecendo… Alias, ele provavelmente estava se borrando todo, porque o cheiro era de coco mesmo, um nojo… Quando veio a comida eu nao consegui comer nada, era uma carne desfiada com molho marrom… Lembrei do chines ao meu lado e nao consegui comer nada… 

Alias, eu nao fui a unica "sortuda", porque ouvi um casal reclamar que o velhinho ao lado deles nao parava de soltar puns.

Pum eh so umas das coisas nojentas que tenho visto/ouvido/sentido desde que peguei aquele aviao e vim parar por essas bandas. Muito arroto, espirro, catarradas/cusparadas no chao.. Tudo em plena luz do dia, na maior naturalidade, homens e mulheres…

Eh cultural? Certamente…

Vou sair dando voadora na cara de cada um que fizer algo de nojento perto de mim? Bem que eu gostaria (sera punido com torturas horrendas no reino de Luanansberg), mas eu estou no pais deles e eh assim que eles agem… O jeito eh respeitar (e nao morrer de nojo).

Pra chegar ao meu hotel peguei um taxi no aeroporto… Jacare falava ingles? Nem o taxista… Eu tinha escrito o endereco em Chines (eu nao entendo uma palavra em chines, entao usei o Google translate) e mesmo assim ele nao sabia ao certo onde era. Eu tentei explicar que era perto – veja bem, perto – do estadio olimpico… Que que o cara fez? Me deixou em frente ao estadio… Parou o carro, disse "tchau!!" todo animado e nao teve jeito… Tentei explicar, mas ele falava tanto ingles quando eu falo chines.. Dai eu vi que meu hotel ficava ha poucos quarteiros do estadio e vim andando… 

Acontece que quarteirao na China deve ser medido em quilometros, porque cada quarteirao demorava a eternidade!!! Tudo aqui eh enoooooorme! Predios gigantes, ruas largas, calcadas espacocas… E bilhoes de chineses pequenininhos… hehehehe

Uma coisa que notei por aqui… Ninguem fala ingles… Nadinha, nem "hello", "bye", "de buki iz on de teibou"… NADA! Nem no hotel, hotel que se intitula internacional, que tem site em ingles e tudo mais… Eu fiquei tentando perguntar umas coisas pra recepcionista e ela com cara de "oi?"

Fui ate o congresso pegar as coisas e voltei pro hotel para descansar… No caminho tem um shopping center e eu dei uma passadinha la… Sabem quanto custa uma Coca Cola em lata? 2 XingLings (e quem disse que eu lembro o nome da moeda?)!!! Isso da uns 26 centavos de Euro!! Eh o paraiso!!!!



Meu hotel eh muito bom. Quarto quase do tamanho do meu apartamento na Belgica. Tem sacada, banheira espacosa – que eu nao vou usar – e um chuveiro enooooorme e com muita agua… Aprenda Europa, eh assim que se faz chuveiro em hotel, com agua, quente e abundante… 

E olha que importante, a minha cama nao era fumante!! Ou sei la: "Nao fumando a cama"? ;)

Congresso comecando e muita coisa para acontecer... Eu volto!

Gente, eu tentei dar uma olhada nos blogs amigos, mas tem MUITA coisa para ler e nao vou dar conta de ler/comentar tudo hoje... 

A palavra em Flemish do dia eh Misselijkheid =  nojo

Links para esta postagem |
Web Analytics

Copyright © 2009 Hunfs All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.