32

China ai vou eu!

Posted by Luana on 20:17 in
Provavelmente ficarei sem aparecer por aqui por uma semana...

Estou indo para Pequim... 

Quero ver tudo, aproveitar ao maximo e experimentar QUASE todas as comidas.

Eu tenho um lema... Se o bicho tem mais de 4 pernas (e nao vem do mar) eu nao como!! Se ele rasteja na terra eu penso no caso - adoro escargot, por exemplo. Logicamente cachorros, gatos e cavalos estao absolutamente fora de cogitacao e sao excessao a regra...

Quem le esse blog ha algum tempo ja deve ter perecebido que eu sou a campea das situacoes inusitadas, entao eu ate imagino... Vou falar pra garconete: "Chicken, please"  e ela vai trazer barata assada... Eu vou comer sem saber o que era e achar uma delicia! Ja percebeu que todo mundo que prova algum inseto depois fala que tem gosto de frango?

Bom, ainda preciso arrumar minha mala e tentar entender o "Google maps Xing Ling" indicado pelo site do congresso como referencia para quem visita a China pela primeira vez... Sintam o drama!

 

看到您的到來!!

 

Links para esta postagem |
19

Flemish - Voce esta fazendo isso errado...

Posted by Luana on 10:34 in ,
Lembram que eu contei que teria prova oral uns dias atras?

Pois bem, como eu já tinha antecipado, a coisa não rolou suavemente como a professora esperava... Tanto que no lugar de todos fazerem a prova no mesmo dia, tivemos que dividir em grupos... 

O cara do "Dat kolpt" ficou tentando conversar em flemish e a coisa não fluía... Ele, como sempre, não havia estudado...  

Ja o outro sujeito, o Joey, falou alegremente por um tempão, numa língua muito louca que só ele entendia (Klingon? Guttural?).

A minha prova foi na terça feira passada... Como eu fui ao show dos Ting Tings, na quinta feira da semana anterior, não deu para fazer a prova naquele dia e eu também acabei faltando a aula. 

Bom, minha prova oral foi tranquila, eu tinha estudado, decorado umas palavras dificílimas... Como se fala "pesquisador cientista" em flemish? "Wettenschappelijk onderzoeker" - SAÚDE!   
Agora, a cereja de pepino sobre o bolo de passas ao rum foi que também teve prova de escrita naquele dia... E eu NÃO sabia! A prova foi marcada no dia que eu faltei e nenhuma boa alma lembrou de me contar... Mandar piadinha no facebook esse povo sabe, agora me avisar sobre uma prova não... Legal, ne?

A prova era uma redação... Devíamos descrever o clima em nosso pais de origem, dizer como ele eh em cada estacão e contar um caso extremo, algum evento climático catastrófico - vulcão, terremoto, final do campeonato brasileiro, eliminação do BBB...

Felizmente uma das coisas que eu mais sei falar em flemish eh sobre o clima... Elfos adoram falar sobre ele... Reclamar, elogiar... E vejam bem, eu não chamo esse lugar de Narnia Molhada do Sul atoa! O clima aqui eh malucão! Como bem disse meu amigo diplomata no facebook esses dias: previsão do tempo para hoje na Bélgica "Está nublado agora, deve abrir sol, com riscos de chuvas leves e tempestades, o tempo deve ficar ensolarado depois do almoço, mas há risco de tempestade de granizo no fim da tarde."

roubado do blog da Ana Pe
Fato eh... Eu sabia muito bem como fazer uma redação em flemish sobre o clima no meu pais... E foi isso que me salvou!

Agora, eu to achando que essa professora esta superestimando os alunos que ela tem... O povo mal consegue falar coisas simples e básicas em Flemish, com um sotaque horrível, e ela fica dando tarefas impossíveis... 

A ultima foi uma musica... MUSICA!

Ela deu um papel com a letra da musica e uns espaços em branco, para que completássemos enquanto ouvíamos a cancão... Serio, tem coisa mais difícil? O povo mal conseguia traduzir as palavras que estavam no papel, falta vocabulário, e ela querendo que a gente entendesse uma letra de musica? E isso podia ser pior?

SIM! Porque pra melhorar a coisa toda a cancão não era em flemish! Era em Holandês!

Explico... eh igual a pessoa estudar Português do Brasil e tentar entender uma musica de uma banda de Portugal...

Ai Bate o Pé!
Bate o Pé!
Bate o Pé!
Ai Bate o Pé!
Faça assim como eu... *
E como a ideia fantástica da professora se saiu? Um desastre, ne? Eu não entendi quase nada... E a grande maioria dos alunos ficou la, olhando com cara de "Oi?".

Tudo que eu ouvia era:  blowski, blowski, blowski... blowsski..... belivon... blownski...

Ok, provavelmente eh uma musica super fácil pra ela, que eh nativa... E também pras pessoas que leem esse blog e estão (bem) mais avançados na língua do que eu... Mas como exercício didático eu achei a ideia bem estupida... Fico pensando nas horas perdidas em coisas inúteis como essa... 

A musica, para quem quiser saber, eh essa aqui:



Ahhhh... Minha maravilhosa aparição na TV só vai ao ar no meio de Junho...

 * Sim, eu sei que os Mamonas Assassinas são do Brasil, mas isso foi o mais perto que eu achei de um Fado Português...

Links para esta postagem |
20

Comida da Etiopia

Posted by Luana on 12:49 in , ,
Estava no Groupon dias desses uma promoção para comer num restaurante de comida etíope no centro de Antuérpia e como eu gosto de experimentar comidas que não conheço convenci Maridon em ir. Aproveitei e comprei o voucher para 4 pessoas, assim poderia levar mais pessoas para essa aventura muito louca com uma galerinha do barulho... haha

Bom, as cobaias escolhidas foram dois estagiários aqui da usina... Não foi o Orc, obviamente, foram dois estagiários mais bonzinhos.

Minha gripe esta um pouco melhor, mas ainda não estou 100%, mas como já havia feito a reserva fomos assim mesmo. 

O restaurante tinha uma decoração muito bonita, muitas cores, objetos de decoração que, suponho, eram etíopes. Logo na porta tinha um manequim vestido com (suponho) roupas tipicas. Eu entendi a ideia de colocar o manequim ali, mas confesso que a coisa eh meio sinistra. A pobre manequim jazia pendendo para o lado esquerdo, meio mal arrumada e eu levei um susto quando entrei no restaurante, porque achei que fosse uma pessoa de verdade - provavelmente ninguém deve achar, mas eu sou ceguinha, ne? 

Primeiro prato era a base de cuscuz, um pouco apimentado e com cebolas, alho e cenouras.  Eu gostei!

Fonte - wikipedia (o prato parecia com esse)
Depois veio uma salada de batatas com mostarda dijon, gostosinho, mas não chegava a ser memorável.  

Dai veio o prato principal, realmente tipico da culinária etíope. 

Ele chegou assim:

O que tem em baixo desse chapéu de mexicano?
Dai o moço que nos atendeu tirou o "chapéu" e o que vimos a principio foi isso aqui:

Essas coisinhas enroladinhas brancas são umas panquequinhas.
Ele trouxe outros pratos e começou a organizar tudo dentro dessa cesta... E no final ficou assim:

Parece gostoso, ne?

A parte amarela eh feita de repolho com algum tempero que não sei o nome - não era curry -, a parte meio roxa, logo ao lado da amarela, era feita a base de carne bovina, a parte marrom era com frango e logo ao lado tinha legumes cozidos (vagem e cenouras) e ao meio uma salada. 

Voces conseguem ver umas panquequinhas logo abaixo de tudo? Essa panquequinhas são usadas para pegar a comida, porque la na Etiópia não se usa talheres.

Bom, o moço começou a explicar como eles fazem para comer, pegou um um pedaço de panqueca e ficou la, falando, falando... Eu só conseguia me focar nas mãos sujas dele pegando na comida que nos deveríamos comer. 

Ele ficou segurando o pedaço de panqueca e os meus olhos la, fixos na mão dele... 

Dai ele mergulhou o pedaço de panqueca numa das porcões com carne bovina, a que estava mais próximo de mim - CLARO! - e pegou um pouco. E ficou la, falando e falando, agora um um pedaço de panqueca coberta por pedacinhos de carne. 

E eu olhando fixamente para as mãos dele... E notando as unhas sujas... 

O horror! O horror!


Dai ele começou a dizer que na cultura deles toda vez que alguém tem convidados eh comum que o dono da casa pegue um pedaço de comida com essa panquequinha e entregue para o convidado... 

Dai eu comecei a suar frio... E se esse cara resolve me dar esse pedaço na mão dele? 

Não, não, nãaaaaaaaaaaaaaaaaaao!!! 

O horror! O horror!
Acho que ele percebeu meu olhar de medo e pavor... Porque ele soltou o pedaço dentro do prato - eca, eca ecaaaaaaa!!! - e disse que devíamos fazer isso entre nos, para ter um gostinho de como eh comer no estilo etíope. 

Quando ele saiu eu me certifiquei em fazer uma barreira em torno daquele pedaço - justo em cima da carne! Hunfs, a salada ele não ia pegar, ne? - e comer o resto... Logico que não ficamos um dando pedaços de panqueca pro outro. Respeito que seja a cultura deles, mas era muito pra mim... 

Olha, tirando esse momento de terror eu achei a comida gostosa. Não estava muito apimentada e tinha bastante gengibre e alho - que eu adoro. 

Eu não sei se voltarei a esse restaurante, mas a experiencia foi interessante! 

E vocês? Ja comeram alguma comida muito diferente? Passaram por alguma saia justa em algum restaurante?


Links para esta postagem |
Web Analytics

Copyright © 2009 Hunfs All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.