4

Tours... (4)

Posted by Luana on 14:58 in , ,
Eu voltei pra Bélgica, mas preciso contar o resto da minha aventura pelas terras francesas.

Vou começar pela ação murphyniana. ele realmente não me deixa em paz! Meu murphymeter começou a apitar na quarta feira a noite, antes do jantar de recepção do congresso, mas como o jantar em si foi muito legal (conto mais em baixo) tive a ligeira impressão de que Murphy me sacanearia na viagem de volta pra sMol... BINGO!  

Eu e mais dois colegas (putz, existe alguma palavra melhor? Detesto essa palavra) da usina pegamos os mesmos trens... Foi corrido mas chegamos na estacão de Paris-nord em tempo. Mal podia esperar para entrar naquele trem aconchegante, na primeira classe, ficar usando a internet e comer alguma coisa gostosinha... ADEVENHA? 

Nosso trem para Bruxelas foi CANCELADO! Meu, de fato tem coisa que só acontece comigo...   A Thalys, empresa de trem espertinha, cancelou nosso trem por não ter muitos passageiros e colocou todo mundo no próximo. So que com o detalhe de que NÃO teríamos mias lugar reservado, calhava de termos que ir em pé...  Pra vocês verem como Zoropa não eh mais um lugar de glamour e gliter. No final das contas tinha lugar pra todo mundo e eu fui de primeira classe.... So que foi um stress ficar esperando todos os passageiros entrarem para  então ver que tinha lugar sobrando... hunfs

No site da Thalys da para pedir para pagarem de volta a passagem quando isso acontece, logico que eles não divulgam. Eu vou la pedir.. Por causa desse atraso eu cheguei em sMol uma hora depois do que tinha planejado.

Mas falando de coisa boa. O jantar de recepção do congresso foi num chateau maravilhoso, nos arredores da cidade. Olha que chato:


Quando chegamos tinha umas 20 pessoas vestidas com roupas tipicas.  Isso foi engraçado. Eu não entendi muito bem o que eles estavam falando, dai me falaram que era um tipo de francês antigo, falado no tempo da renascença. 

O jantar estava excelente. Confesso que achei estranho comer foie gras com pasta de amendoim, mas depois que você perde o preconceito o prato fica muito gostoso. O mesmo em relação ao prato principal, que foi codorna (a visão de um franguinho em miniatura no prato não eh assim muito bonita). Tudo regado a bons vinhos da região...

Enquanto a gente comia os caras com roupas tipicas ficavam dançando em volta. Sabe aquelas dancinhas que passam em filmes de casamento medieval? Ao som de alguma musica com flauta? Daquele jeito. 

Eu achei estranho em partes. Você ta la, comendo e bebendo do bom e do melhor e tem gente em volta de você dançando. Tipo "ow gente, senta ai conosco... Pega um copo!"

Foi bem interessante. 
Eu achei uma foto com pessoas com trajes semelhantes - ja que eu não tirei fotos. Dai quando o site do congresso postar as fotos eu venho aqui e atualizo. 


A palavra em Flemish do dia eh Renaissance = renascença

Links para esta postagem |
2

Em Tours... (3)

Posted by Luana on 17:34
Eu não fazia ideia e achei muito estranho a cidade estar tão agitada numa terça feira a noite. Mas ontem foi o dia nacional da música na França, uma celebração chamada "Fête de la Musique" que acontece todo 21 de Junho desde que foi implantado em 1982 pelo o governo socialista de François Mitterrand.


Pelo que eu entendi todos os bares/pessoas/bandas podem fazer barulho (musicais) das 22:00 do dia 21/06 até as 05:00 do dia 22/06. Todas as ruas ficaram lotadas de gente, de todas as idades! E teve de salsa e samba até música clássica... Tudo espalhado! Muito divertido. 

Eu queria gravar, maaaas sou uma anta e esqueci meu cartão de memória em casa... Achei vários videos de ontem agora no Youtube, aqui de Tours, mas a internet merden do hotel não me deixa colocar aqui... Então, me lembrem de arrumar esse post depois... 

Só digo que foi uma das festas mais divertidas que eu fui, em tempos! 

Hoje de manhã eu estava "super" no pique para assistir palestra sobre proteção radiológica... haha... Alias, não fui só eu!

ps. daqui duas horas começa a recepção do congresso. Normalmente essas recepções começam no final da tarde e terminam antes das 22:00. Mas a de hoje esta programada para terminar a 01:00! Eles realmente esperam que amanhã as 08:00 as pessoas tenham vontade de assistir mais palestras?

Links para esta postagem |
4

Em Tours... (2)

Posted by Luana on 23:27 in
PELAMORDEDEOS!

Alguém avisa esse bando de franceses que não é bonito falar com a boca cheia? 

Meu almoço hoje foi muito bom... À francesa, com um ótimo vinho tinto. Maaaaaaaas, os caras que (a meu contragosto) sentaram comigo falavam com a boca cheia... E eu parei minha sobremesa deliciosa no meio quando um deles falou alguma bobagem e eu vi aquele pedacinho de doce saindo da boca dele, viajando livre no ar (música de fundo aqui) e pousando suavemente na cesta de pães no meio da mesa.... N-O-J-O!

Só de lembrar perco o apetite de novo... Isso deve dar uma boa dieta, não?

Vou dormir...

Links para esta postagem |
14

Em Tours... (1)

Posted by Luana on 19:34 in
Essa semana estou participando de um congresso aqui em Tours, na França. 

Por incrível que pareça minha viagem até aqui foi até que agradável! A empresa que presta serviços de locomoção (agencia de viagens, deeer) para a usina me colocou num aconchegante trem entre Bruxelas e Paris, primeira classe! Um luxo só! Teve salada de salmão defumado de almoço e eu me esparramei naquela poltrona enorme.  Me senti loira, linda e japonesa (como diria Roberta Carvalho) e divosa (é assim que se escreve, Gra?).

Tudo isso para chegar na estação de Paris e voltar pra realidade. Sério, Paris é umas das cidades mais sujas, cheias de gente estranha e perigosas que eu já andei na vida. E olha que estou comparando com São Paulo, New York, Madri, Amsterdã. Ta cheio de pedinte em todos os lugares. Daqueles que te puxam pelo braço, sabe? Inconveniente! Dentro do metro SEMPRE tem um sujeito(a) com aquela ladainha de: "eu podia estar matando, eu podia estar roubando, mas não, estou aqui pedindo" (só que em francês, claro).

Para vocês verem como não é exagero meu. Ano passado sogro e sogra vieram passear na Europa. Eu e maridón fomos busca-los no aeroporto de Paris (que devia chamar aeroporto de saint-judas-perdeu-les-botas, de tão "perto" de Paris que ele é). Chegando na cidade Luz pegamos o metro e percebemos que o maquinista passou direto numa estação, algumas pessoas reclamaram, até que vimos o por quê. Acabava de acontecer um assassinato ali. Os policiais estavam cobrindo um corpo quando passamos, tinha sangue por todos os lados, olha que glamour? 

Enfim, voltando a minha história. Minha viagem até Tours correu bem. Um trombadinha filha de uma vaca manca tentou me roubar. Eu estava checando os horários dos trens e percebi alguém muito perto de mim. Como eu tenho fobia social virei e o retardado tinha aberto quase todos os zíperes da minha bolsa. Murphy me sacaneia, mas não é injusto, dai que o cara abriu o zíper que continha um calhamaço de artigos de física, outro zíper contendo minha necessaire e outro contendo nada (chupa!). Deixando sem abrir exatamente o zíper com meu laptop e minha carteira. Rá!
E isso é uma viagem que correu bem, Luana? LOGICO! Tirando a raiva que me deu de inicio, saber que o anta não conseguiu me roubar me deixou bem feliz, não concordam? Sem falar que não perdi nenhum dos (5!) trens que peguei e cheguei super bem no meu hotel. 

Mas Murphy me sacaneia... Sempre!

Acabei de descobrir que deixei o cartão de memória do meu celular em casa e por isso não vou poder tirar NENHUMA foto! Eu sou uma anta mesmo... E eu descobri isso agora há pouco quando me deparei com uma farmácia com um manequim vertido com lingerie na vitrine. Achei que daria um ótimo post colocar essa foto aqui, tirando sarro do conceito francês de "farmácia"! Mas sem memória, nada de foto... hunfs

Vou tomar banho e descansar... Amanha terei um dia cheio de palestras sobre proteção radiológica (bla, bla, bla whiskas sache).

 Orrevoá (hehe)

Links para esta postagem |
7

Dear beetle

Posted by Luana on 09:35
Sim, com dois "e"s, porque o com "a" eh a melhor banda de todos os tempos da ultima semana.

Entonces... Continuando..

Querido besouro nojento dos inVernos,

Quando você, com seu peso de uns 2 gramas, voa com velocidade constante de 1 m/s (metrosporsegundo)  na direção contraria de uma testa (a minha) pertencente a um corpo de massa igual a 67 quilos (distribuídos em 1,80 m)  com igual velocidade, o que pode acontencer?
Eu explico:

1) O corpo de 1,80 m vai sentir seu corpinho nojento bater  em sua testa. E nenhum dano físico ocorrera. Agora, o corpo passara vários minutos com nojo e vai lavar a testa assim que chegar no trabalho (vulgo, a usina).

2) Todo o momentum* sera passado para você. E como momentum eh uma grandeza vetorial, no lugar de sentir apenas o seu próprio momentum de 2 miseras gramas multiplicada por 1 m/s, você vai sentir o seu próprio momentum ADICIONADO ao do corpo (meu) de 67 QUILOS (ou seja, 67.000 gramas) vezes 1 m/s. Entendeu? Não? 

Quer dizer que o corpo vai sentir quase nada (alem do nojo) e você vai levar uma porrada inesquecível. Tao inesquecível que eh capaz de você morrer por causa disso, ou cair no chão inconsciente e ser atropelado por uma bicicleta, ou comido por um passarinho. Imaginou agora o tamanho do seu problema?

Então, na próxima vez que você for passear por ai  e estiver em rota de colisão com uma testa DESVIE

#ficadica

*clique na figura

Links para esta postagem |
4

Lei de Smurf

Posted by Luana on 09:07
daqui

Links para esta postagem |
1

A palo seco (ha cancões e ha momentos)

Posted by Luana on 22:00
A Borboleta, que sempre toca em assuntos que eu prefiro tratar no meu intimo (porque eu não sei expressar da maneira linda que ela sabe), escreveu esse post sobre as cancões que nos desnudam. 

Belchior... Ahhhh.... Se todas as pessoas soubessem sobre o que ele fala, se todas as pessoas sentissem a mesma dor/paixao... 

So Belchior para completar Bilac 

"Ora (direis) ouvir estrelas! Certo
Perdeste o senso!" E eu vos direi, no entanto
"Enquanto houver espaço, corpo
Tempo e algum modo de dizer não, eu canto"

So Belchior para traduzir o que eu sinto, como brasileira, física, metropolitana, do mundo/no mundo. 
 
Então, quando Borboleta perguntou qual musica me despia, não tive duvidas: A palo seco
Se você vier me perguntar por onde andei
No tempo em que você sonhava.
De olhos abertos, lhe direi:
- Amigo, eu me desesperava.
Sei que, assim falando, pensas
Que esse desespero é moda em 73 (2011 and so on).
Mas ando mesmo descontente.
Desesperadamente eu grito em português:


- Tenho vinte e cinco anos de sonho e
De sangue e de América do Sul.
Por força deste destino,
Um tango argentino
Me vai bem melhor que um blues.
Sei, que assim falando, pensas
Que esse desespero é moda em 73.
E eu quero é que esse canto torto,
Feito faca, corte a carne de vocês.

Links para esta postagem |
Web Analytics

Copyright © 2009 Hunfs All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.